11 de janeiro de 2009

Acordo Ortográfico: Sim!

O Acordo Ortográfico é verdadeiramente imprescindível para os países lusófonos, de modo a terem uma língua unida, coesa e, sobretudo, forte no panorama internacional. A triste situação da 6ª língua (já li 5ª) mais falada do mundo e 3ª no mundo ocidental ter dupla grafia tinha de acabar. Para quem não sabe, existia até então a ortografia brasileira e a ortografia europeia ou portuguesa, que era também seguida pelos PALOP. Estas duplas grafias eram aceites internacionalmente, dificultavam a aprendizagem da língua no plano internacional e comprometiam seriamente a sua afirmação. É necessário referir que o português ainda não foi aceite como língua oficial da ONU precisamente por este problema. O alegado interesse maior por parte do Brasil é infundado, na medida em que todos ficamos a ganhar. Se tal não fosse feito, não consigo imaginar as consequências; mas poderia acontecer uma verdadeira ruptura entre o Brasil e Portugal, o que seria destrutivo para a nossa língua comum. Pessoalmente, pouco me importa escrever "ação" e "ótimo", dando estas palavras como exemplo... Apenas fica para trás a herança latina que ainda existia. O medo que paira de um "abrasileiramento" da língua apenas me faz rir. Afinal, não é o Brasil com os seus 180 milhões de habitantes que "conduz o carro" da Língua Portuguesa? Esquecem-se, porém, que o Brasil também fez alterações, nomeadamente a supressão do trema (¨), entre outras.
Foi com algum regozijo que li que as alterações já entraram em vigor no Brasil. O mesmo tem de acontecer em Portugal muito rapidamente. Da minha parte, vou tentar aplicar de hoje em diante as novas regras.
Num mundo cada vez mais global, em que a internet desempenha um papel fundamental, a Língua Portuguesa tem que evoluir de modo a responder aos novos desafios e necessidades.

1 comentário:

  1. Concordo absolutamente contigo. Também já tive a ideia do abrasileiramento das palavras, mas foi antes de ter a maturidade de perceber a razão pela qual ele foi instaurado. Acho que, no fundo, as pessoas são preguiçosas e querem que tudo fique na mesma.
    Enfim!!!

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)