5 de julho de 2010

A Teu Lado



Não posso ignorar o que aprendi contigo. Não considero um tempo perdido, absurdo e prescindível. Não foste isso para mim. Apesar de tudo, agradeço cada momento que vivi, cada sonho que criei, cada passo que dei a teu lado. Fez-me ver o mundo pelos teus olhos, vivendo uma realidade que construíste para nós, pensando no nosso futuro e em tudo aquilo que poderíamos viver. A teu lado, vi o sentimento mais sincero que existe. Fui feliz, como nas manhãs de sol quente que pendiam sobre nós, aquecendo e inflamando os nossos corações; nas noites frescas de Verão, em que abraçavas o meu sonho e desfiavas os novelos que a minha alma tecia sobre ti; e nos dias de chuva, em que secavas as minhas lágrimas com o teu dedo suave que beijava suavemente com a minha boca. A teu lado vi o céu e a terra, o mundo e o horizonte que perdia com o meu olhar. Deixava-me embalar contigo. Perseguia os mesmos trilhos que seguias, sem hesitar por um só segundo. O que vivi ficou marcado a ferro na minha mente. É um livro que ficou, páginas que mantenho vivas na minha memória. Mais do que pequenos símbolos materiais, as memórias vivas são o que de melhor guardamos em nós. Um pouco de ti e um pouco de mim. Um pouco de nós que fez esse todo que sobrou. Vejo as cores e sinto cada sabor, único, dentro de mim. O passado e o presente chegam a assumir papéis semelhantes que confundem as suas identidades. Antes seja assim.
A teu lado vi um outro mundo. Recriei-me a ti, ao que sentia. Tudo isso devo-o a ti. Uma certeza ficou: nunca fui tão feliz, quanto o fui, a teu lado.

7 comentários:

  1. Todas as coisas têm um fim. E aquilo que deve restar são as boas recordações, para serem lembradas com carinho, alegria e alguma saudade, mas nada mais...

    ResponderEliminar
  2. Ás vezes tambem oiço algum pop. Adoro Lady Gaga e Katy Perry. Queria ir ao concerto da Gaga mas os meu pais nao deixam -.-

    ResponderEliminar
  3. Mas tu já tens 20 anos podes ir onde quiseres. Eu é que não -.-

    Também aprecio muito essa da Katy :P

    ResponderEliminar
  4. mas nunca te esqueças que cada um de nós é alguém bastante especial,todos á sua maneira. e não importa que ames uma,duas,cinco,dez,vinte pessoas na vida. estarás sempre diante de uma situação que conheces.

    ResponderEliminar
  5. tenho que concordar contigo! mas se procurares bem,reparando em todos os gestos,em todos os olhares,nas suas atitudes e na maneira como falam podes dizer que existem pessoas diferentes,poucas mas existem. o interior de cada uma delas cabe a nós desvendar.

    ResponderEliminar
  6. mark,vamos apenas destacar-nos pela nosso etérea pesonalidade. o resto é trabalho deles.

    ResponderEliminar
  7. concordo plenamente contigo!

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)