9 de setembro de 2010

Marilyn Monroe - I Wanna Be Loved By You

      

Como escrevi num post recente, Marilyn Monroe é um dos ícones que mais admiro, a par de Mariah Carey (ver aqui). Acho-a uma pessoa fantástica, com imenso glamour e atitude. É isso que distingue as pessoas vulgares das eternas. Aquilo que fazem e que, porventura, é amado e odiado. As pessoas globais e interessantes nunca são unânimes. Despertam sempre variados sentimentos. Faz parte. É o que aconteceu com a Marilyn, hoje um símbolo dos E.U.A.
Esta música tem inspirado vários momentos da minha vida. É eterna, tanto pelo seu mediatismo como pela sua graciosidade.

2 comentários:

Um pouco da vossa magia... :)