1 de julho de 2010

Estaremos Juntos



Sim, nós estaremos juntos. A esperança surge em mim como um sol que desponta no raiar da manhã límpida e fresca. Assim como éramos, seremos pelos tempos longínquos que nos seguirão. Vejo a eternidade como um segundo, radiante e maravilhosa diante do meu olhar de águia. Estás na composição dos meus planos, daquilo que quero para ser feliz. Para ter essa felicidade plena não chega o calor do teu olhar ou a doçura da recordação que ficou na minha boca; preciso de ti, desse abraço forte, quente e, ao mesmo tempo, tão acolhedor. Somos peças do mesmo puzzle. Incompletas o teu destino sem mim, seguindo um rumo perdido, sem norte, nem ponto de chegada. Vagueias por um horizonte de incerteza. No fundo, reconheces-me como o teu porto de abrigo, casa, chegada fortuita e fugaz.
Estaremos juntos, quando quiseres e descobrires a verdade que há muito já sei. Fomos feitos do mesmo material, uno e indivisível como a Lua e o seu brilho.
Quem estará ao teu lado quando precisares? Quem te beijará como gostas? Quem afagará o teu cabelo quando te sentes só?
Percorro o mesmo espaço à tua procura, olhando o espaço vazio em busca de um sinal de ti. Oh, amor, a vida poderia ser tão doce a teu lado. Sentes a minha dor? Não escondas a tua...
Quem estará comigo quando o sol acordar pela manhã sobranceira? Tu, em mim, sempre tu.
Mesmo que não estejas, estaremos sempre juntos.

10 comentários:

  1. Há sempre a esperança de felicidade e a presença espirítual do outro quando a distancia se torna um obstáculo.
    PS: Vamos ter um grande Verão, confia ;)

    ResponderEliminar
  2. Talvez o Simão fosse uma boa opção ou mesmo o Eduardo.

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Mais uma vez Mark, fenomenal.
    Gostei e muito.

    beijinho *

    ResponderEliminar
  4. Dos teus melhores textos. Atingiste o pleno. *.*
    bjs.

    ResponderEliminar
  5. Sim, ele deu mesmo tudo. Aliás viu-se na reacção dele quando perdemos, estava tão abalado.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. É mesmo. Eu não sou patriota (até porque os simbolos nacionais não me dizem nada nem tenho orgulho) mas gosto do meu país e é isso que falta a grande parte da sociedade para leva-lo a maiores destinos!
    Beijo

    ResponderEliminar
  7. Obrigada :)

    Pois. Coisas como a Bandeira, o Hino e assim não me dizem muito.

    Beijo

    ResponderEliminar
  8. Muito bem ;)
    Eu não sei mas sei que nem foi um português que fez.

    Beijo

    ResponderEliminar
  9. és um orgulho para o país, deves ser das poucas pessoas que sabe o hino completo em Portugal :D

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)