26 de julho de 2012

Mom's decision.


 E a mãe decidiu-se, por fim, a dar umas férias a si mesma. O seu grau de perfeccionismo consegue superar o meu e a sua dedicação é compreensível. Acusa-me, às vezes, de impaciência e irresponsabilidade. Amuo e tomo as expressões que adquiria, há uns anos, quando lhe pedia um jogo novo para a playstation e não o recebia na hora. Réstias de mimo exacerbado que sobrevive em mim.
 Vamos tirar uns dias sossegados, provavelmente no sul, apesar de já lhe ter comunicado que dispenso a casa de férias dos avós. Quero ir para um lugar diferente. Infelizmente - e devido às suas obrigações profissionais - não despendemos de muito tempo, embora esteja satisfeito por a ver calma, sem o Mac e a pilha de documentos para assinar. 
 Comecei a fazer as minhas pesquisas fenomenais (not!) e já conjecturei umas ideias. A mãe teme os meus planeamentos e confia mais nas opiniões chatas e enfadonhas de alguns executivos seus amigos.
 Só espero que os caranguejos continuem à minha espera, assim como espero que ainda não tenham recolhido todas as conchas exóticas que costumo encontrar perto dos rochedos. Com sorte, é desta que mergulho fundo e encontro um velho galeão cheio de tesouros e relíquias do século XVI. E sem oxigénio!

14 comentários:

  1. Mark, depois exige-se um relato detalhado das férias!

    Isto quem não pode ir de férias, fica a saber como foram as dos outros, o que não é a mesma coisa, mas é parecido!

    Abraço :)

    ResponderEliminar
  2. Olá Horatius! :3

    Sim, depois direi como foram as férias. Também ainda não sei ao certo quando irei, só sei que irei e que será em Agosto. :D Fiquei feliz porque, contrariamente aos anos anteriores, a mãe ponderou não irmos para lugar algum devido ao facto de ter muitos afazeres. :/ Descansaria mesmo por aqui.

    Oh, deixa lá, também vamos poucos dias. Tens ainda muitos Verões pela frente. :)

    abraço :3

    ResponderEliminar
  3. Boa viagem pra você. Espero que aproveite.^^
    P.S.: também quero um relato detalhado por aqui.

    ResponderEliminar
  4. Emilie: Obrigado. :) Não irei já; só tenho a certeza de que irei. :DD

    ResponderEliminar
  5. desejo-te excelentes, embora curtas, férias, na companhia da tua mãe, que, pelo que li, bem merece o descanso (e tu também). mergulha muito mas não encontres "o príncipe da neblina" :)
    bjs.

    ResponderEliminar
  6. Margarida: Ela merece mais do que eu. :) Muito obrigado, querida!

    Espero não encontrá-lo! :D

    beijinhos :*

    ResponderEliminar
  7. Boas Férias XD

    Depois quero saber os pormenores mais quentes, :)

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  8. Francisco: LOL, obrigado. :)

    abraço :3

    ResponderEliminar
  9. Boas Férias,Mark. Espero que consiga encontrar algum tesouro perdido por lá.


    Abraços.

    ResponderEliminar
  10. Citizen: Obrigado. :)

    abraço :3

    ResponderEliminar
  11. Não te desejo já boas férias pois ainda deves aparecer por aqui antes de as iniciar.
    De qualquer forma é bom e espero que consigas convencer a tua Mãe do local da tua preferência.

    ResponderEliminar
  12. João: Sim, deduziste bem. Ainda não sei quando irei.

    Olha, estou indeciso em relação ao local dentro da região, porque em princípio é no Algarve (como de costume). :)

    abraço :3

    ResponderEliminar
  13. bom descanso xD

    tive um amigo que encontrou algo de um galeão, na praia, melhor... o que restava do capitão, ou talvez dum simples marujo: a espada.

    Desejo que encontres o galeão, com tudo o que tem de direito

    abc

    ResponderEliminar
  14. Se7e: Obrigado. :3 Oh, que sortudo esse teu amigo. Espero encontrar um galeão também. :)

    abraço :3

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)