21 de abril de 2011

Rainhas e Infantas de Portugal


Soube, ontem, que o Correio da Manhã (jornal péssimo) está a fazer uma coleção muito interessante, por sinal, sobre as Rainhas e Infantas de Portugal. Ora eu, que adoro História, como sabem, não podia perder esta oportunidade. Não que a coleção seja fantástica, afinal, são dois volumes à terça-feira por sete euros ou seis e noventa e nove cêntimos, o que faz toda a diferença... Quero fazer esta coleção porque acho interessante ter uns livrinhos pequeninos, acessíveis e com uma apresentação simpática sobre as Rainhas e Infantas de Portugal. Relembro que já fiz uma coleção semelhante relativamente aos Reis e Rainhas de Portugal, também pelo mesmo jornal, e gostei bastante. Tem dados úteis e é especialmente benéfico para quem gosta de História e pretende ficar a conhecer mais.
O grande problema é que a coleção começou a 22 de março ("março", com minúscula, ao abrigo do Acordo Ortográfico; tenho de me habituar embora me custe imenso - e é o que me tem custado mais - escrever as estações do ano e os meses em minúsculas...) e eu só soube ontem. Resultado, tinha dez fascículos em atraso.
Telefonei à mãe, da parte da tarde, expliquei-lhe o que se passava e mandei-lhe um e-mail com o link do Correio da Manhã acerca da coleção. Ela foi lá quando saiu da empresa e comprou-me oito dos dez livros, sendo que os dois primeiros esgotaram completamente. Bom, já estão encomendados.
Os portugueses são assim: compraram e compraram os dois primeiros volumes até esgotarem no armazém do jornal; continuar e acabar a coleção é que é bem pior... Então, se não fazem intenções de completar, não comprem desde o início! Se há coisa que não tolero são coleções inacabadas. Provocam-me náuseas desde criança, na altura dos cromos / cadernetas das Navegantes da Lua, dos desenhos animados da Walt Disney, etc. Sim, eu não fazia coleções de cadernetas de futebol, vá se lá saber o motivo... LOL
Agora, fui a uma papelaria perto de casa e mandei reservar os fascículos que hão de vir ("hão de", sem hífen, ao abrigo do Acordo Ortográfico). Costumo fazer lá todas as coleções que me interessam. Já sou conhecido até por ser um bom cliente. :)
É interessante e não deixa de ser útil. Aliás, tudo o que se gaste em algo cultural é um investimento pessoal.
Deixo-vos o link (aqui)  para o caso de gostarem. :)


P.S.: A minha rainha favorita não entra na coleção porque foi rainha de facto e por direito próprio. Entrou, isso sim, na coleção dos Reis e Rainhas de Portugal. É ela D. Maria I. Esta coleção é dedicada às infantas e rainhas consorte e algumas mesmo com sorte. :)

16 comentários:

  1. Também gosto muito de História e detesto colecções inacabadas.
    Não sei se vou fazer esta, por faltarem os dois primeiros livros.

    ResponderEliminar
  2. Pinguim, os dois primeiros livros vêm. Até pode ser que os encontres em alguma papelaria que não os tenha vendido. Em todo o caso, podes encomendar na sede do jornal, em Lisboa, ou até mesmo online. (:

    ResponderEliminar
  3. Depois podemos estudar juntos essa colecção? lol
    abr

    ResponderEliminar
  4. Miguel, sim, claro, começamos pelo D. Afonso VI: o rei gay. LOOOL. (:
    Abraço.

    ResponderEliminar
  5. ahaha que bela sugestão XD segundo consta ele era impotente... pelo menos para as gajas... lol
    Abraço =)

    ResponderEliminar
  6. Miguel, quem sabe. (: Humm, na minha opinião - e cada vez mais também a de vários historiadores conceituados - D. Afonso VI era gay. Só que, naquela época, esses assuntos nem se pensavam, logo, desde mentecapto a impotente, tudo chamaram ao homenzinho. A verdade é que tinha um moço de estrebaria, que mais tarde teve um cargo importante na sua Corte, António Conti, de quem era MUITO amigo, bem íntimo, se é que me faço entender... ((:

    ResponderEliminar
  7. Entendo =p epah, era uma época má para se ser gay... e ainda para mais sendo rei, a pessoa de quem todos esperavam herdeiro...
    Se ele tivesse vivido na antiguidade, tinha tido mais sorte. Os jogos olímpicos eram dignos de ser ver...ui... =)

    ResponderEliminar
  8. Tens um livro excelente que é:

    Infantas de Portugal, Rainhas de Espanha.

    Abraço

    P.S - Acredito que já conheças este livro :)

    ResponderEliminar
  9. Francisco, por acaso conheço, mas não o tenho. (:
    Deve ser um livro excelente.
    Obrigado pela sugestão. (:
    Abraço. ^^

    ResponderEliminar
  10. Não te esqueças de que o primeiro fascículo tem geralmente um preço simbólico para aguçar o apetite. É natural que tenha esgotado... Estratégia de marketing! :):)

    ResponderEliminar
  11. Blog Liker: Não sei o preço dos primeiros fascículos, mas talvez tenha sido isso mesmo. LOL (:

    ResponderEliminar
  12. Partilho o mesmo gosto e interesse pela História, apesar de ter tido péssimos professores nesta disciplina.
    Até já ;)

    ResponderEliminar
  13. Sapo, eu, felizmente, tive ótimos professores de História, tanto no Básico como no Secundário, exceptuando ali o 9º ano em que o professor não foi assim tão bom. Bem, eu gostava dele, o que não apreciava tanto era o seu método de ensino. (:

    ResponderEliminar
  14. Também partilho o sentimento relativo a colecções inacabadas! Fico ansioso! :)
    Quanto a História, admito que não sou um entusiasta muito grande. Mas, mesmo assim, tenho alguma cultura sobre o tema, já que o contrário seria lamentável! Contudo existem períodos particulares da História de Portugal e do Mundo que me entusiasmam, a 2ª Guerra Mundial, a Rev. Francesa e outros.
    Abraço! :)

    ResponderEliminar
  15. Ikki, eu gosto imenso de História. (:
    É uma enorme paixão.
    Abraço.

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)