17 de maio de 2010

Dia Internacional Contra a Homofobia e Transfobia

Hoje celebra-se o Dia Internacional Contra a Homofobia e Transfobia. Este dia foi simbolicamente escolhido, uma vez que foi a 17 de Maio de 1990 que a Organização Mundial de Saúde retirou o então Homossexualismo da lista de perturbações mentais.
O Dia Internacional Contra a Homofobia e Transfobia não faria sentido algum se não existisse homofobia e transfobia. Por esse facto, este dia tem um duplo significado. Por um lado, faz todo o sentido devido ao preconceito e à discriminação de que os homossexuais, transsexuais e trangéneros são vítimas; por outro lado, é uma confrontação com a qual o mundo heterossexista não pode evitar. Existe muito trabalho a fazer e um longo caminho a percorrer. E se é verdade que as sociedades ocidentais estão mais receptivas à diferença e a uma livre expressão da sexualidade, também é verdade que a homofobia e a transfobia persistem, sendo feridas abertas na luta contra a discriminação. É um dia que não deveria existir, quisessem as pessoas que tivessemos um mundo melhor. Mas, existindo, deve ser aproveitado para sensibilizar a sociedade sobre a homossexualidade e a transsexualidade. Muitos tabus e ideias erradas persistem no imaginário dos menos instruídos. O homossexual (gay ou lésbica), é uma pessoa totalmente normal, igual a qualquer um. A única diferença é a sua forma de amar. Não ama alguém do sexo oposto, mas sim do seu género. Será uma diferença que justifique todo o ódio, preconceito e inimizade que existe em relação à pessoa homossexual? O transsexual, por sua vez, não se identifica com o seu sexo biológico. O termo transgénero é um conceito mais vasto, que engloba várias vertentes da sexualidade humana. Os termos homossexual, bissexual, transsexual, heterossexual, transgénero, etc, nem deveriam existir. Somos todos humanos e é nessa diversidade que está a essência fundamental do Homem. Todos esses termos colocam-nos rótulos absolutamente desnecessários, cujo único objectivo é a distinção infundada e preconceituosa. O tempo de avanços e de conquistas deveria fazer parte do passado. A homofobia e a transfobia deveriam ser socialmente erradas a todos os níveis e com um grau de rejeição generalizado, tal como a xenofobia e outras fobias sociais o são. Por isso mesmo, este Dia Internacional faz todo o sentido, apesar de muitos o negarem.
Não se trata de um Dia exclusivo da comunidade homossexual e transsexual. É um Dia de todos e para todos. Enquanto existir ódio, aversão e preconceito para com uma parcela, por mais ínfima que fosse, da sociedade, viveremos num mundo ingrato e atrasado, motivo de vergonha para todos. Só seremos justos e evoluídos no dia em que formos todos iguais, nessa igualdade onde também há lugar para a diferença.

3 comentários:

  1. Vamos ver se Cavaco o "celebra" positiva ou negativamente...

    ResponderEliminar
  2. É mais um dia internacional que acaba por não ter significado para muita gente.

    Nem sabia que existia...

    ResponderEliminar
  3. Tens muita razão! Mas infelizmente irá sempre existir este tipo de preconceito na sociedade =S

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)