22 de dezembro de 2016

Christmas Gifts.


    O Natal é, por excelência, o período de confraternização familiar. O ano culmina no Natal. Há quem se refira a estes dias que aí virão como os «melhores do ano». Não sou avesso à ideia. Efectivamente, sejamos ou não religiosos, poucos são os que prescindem de uma foto, de um texto, de uma referência, por menor que seja. A troca de presentes, tão censurada, parece-me uma manifestação de carinho e cuidado. Ofertar os que nos são mais próximos não deve necessariamente ser encarado como um acto de devaneio perdulário.

    Andei pela Baixa e pelo El Corte Inglés. Muito embora não se assemelhe a um Harrods, o ECI, com a sua inauguração, em 2001, rapidamente se transformou no melhor centro comercial da cidade. Em rigor, é um armazém com as melhores marcas. Desde há uns anos a esta data, verifico que tem vindo a perder o brilho. Está demasiado massificado. Nem os funcionários mantêm a mesma elegância no atendimento. Consegui, ainda que em plena azáfama consumista, comprar três presentes, um dos quais para mim (que faço questão de pedir para embrulhar, agindo como se desconhecesse o conteúdo).

     Em virtude de não ter encontrado tudo o que queria, a Baixa é uma boa opção, e o comércio tradicional merece-nos um estímulo. Deparei-me com um artigo original, que certamente ela (a avó) jamais suporia, e o encanto de oferecer reside também no factor surpresa.
     Diminuí drasticamente nos gastos, inclusive comigo. Só adquiri o que necessitava, e permiti-me a três pequenas extravagâncias, aqui não no sentido do preço. Vejo que fiz bem, porque a árvore está recheadamente composta.


     Mudando de assunto. Perguntaram-me sobre o lanche de sábado. Correu bastante bem. Juntámos um grupo pequenino numa confeitaria conceituada. Percorremos o centro da cidade, como havia sido planeado, sob toda aquela iluminação costumeira da quadra. A Câmara Municipal esmerou-se neste Natal, todavia.

8 comentários:

  1. Feliz Natal com muitos presentinhos :)

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amigo. Igualmente para ti. Feliz Natal.

      um abraço.

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É curioso, sabes, mas depois de abrir os presentes fico com pena. Gosto tanto de ver os embrulhos sob a árvore. :)

      Eliminar
  3. Desejos de um Feliz Natal Mark . Aproveite da melhor forma esta época tão doce... Eu já tenho as filhoses à minha espera :D .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Magg. Um Feliz Natal para si, cheio de doces e presentinhos bons. :)

      Eliminar
  4. Se o Natal e quando o homem quiser, eu desejo te agora um Feliz Natal. Porque este ano andei tão mergulhado em trabalho, que nem tempo para o meu costumeiro postal de natal virtual tive....
    Um grande abraço :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. :) Espero que tenhas tido um óptimo Natal.

      um grande abraço!

      Eliminar

Um pouco da vossa magia... :)