28 de janeiro de 2013

Notas.


  Finalmente, as frequências terminaram, não sem algumas surpresas. Exames dos quais esperava uma dificuldade acrescida revelaram-se mais fáceis; outros, porém, mostraram-se bem mais complicados do que poderia prever. Tive positiva em todos - incluindo naquele exame de que certamente se recordarão, em que estava cheio de febre. Uma nota nada expectável. Estava crente de que teria ou uma positiva baixa ou uma negativa alta. Jamais equacionei a negativa baixa porque tinha consciência daquilo que escrevera. Todavia, farei oral de melhoria.

   Um exame que imaginava relativamente fácil afinal era muito controverso, cheio de armadilhas e questões nas entrelinhas, nada a que não estejamos habituados, embora creiamos sempre nas boas intenções dos professores, esperando que não preguem rasteiras propositadamente. Nem sempre temos razão. De qualquer forma, vislumbro facilmente o que pretendem: preparar-nos para o futuro. A vida lá fora não é lógica e o que temos de mais certo são caminhos lúgubres e duvidosos, para mais na nossa área... A nota foi abaixo do que queria, embora boa, esperando a melhoria.

   Algo que me deixou sem reacção foi um e-mail que recebi de uma assistente. Quando vi o seu nome, o meu coração disparou. A nota ainda não havia saído virtualmente. Respirei fundo e abri. Desejou-me os parabéns pelo resultado alcançado (não referindo especificamente quanto), recomendando-me a oral de melhoria. Uma vez que ainda não sabia a nota e ela certamente pensava que já estava acessível, fiquei ansioso. No dia seguinte, entrei no site e realmente constava. Não pude acreditar. É uma disciplina que abomino e que - pensava eu - não sabia rigorosamente nada. Afinal... Vou defraudar as suas expectativas, mas prefiro dedicar-me com afinco a outras melhorias. Se já tenho mais do que alguma vez poderia almejar, está feita.

   Às restantes cadeiras, tive mais ou menos o que esperava.

   O balanço é francamente positivo. Agora creio que posso afirmar peremptoriamente de que entrei no esquema. Como já referi por aqui, não é a minha real vocação, ficando sempre admirado quando observo as notas finais. Mais do que prazer ou gosto pessoal, será estudo, acrescido de alguma sorte e de conseguir perceber os conteúdos. Ao menos isso.

26 comentários:

  1. Parabéns Mark.
    Sabes que quando somos exigentes... pensamos não ter atingido os objectivos.
    Afinal conseguiste.

    Fico feliz por ti.

    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado, Pedro. :)

      Tens razão.


      abraço.

      Eliminar
  2. o mais importante é passar a tudo. A vida de universitário é sempre mais difícil , mas com esforço chegamos aos nossos objectivos. É uma preparação para o futuro por isso devemos dedicar-nos .

    Gostei imenso do post Mark.

    http://youleave-me-breathless.blogspot.pt/2013/01/4-janeiro-desafio-das-fotos.html novo post *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acrescentaria que a passar a tudo, a média também releva. Na situação actual do país, se releva!... :)

      Eliminar
    2. bem a média e sempre relavante, mas já não é um fator proponderante como em outros tempos.... é desemprego a tudo e a todos...
      o que releva é mesmo o factor 'C'

      Eliminar
    3. Disseste uma grande verdade!

      Adorei o termo "factor C"! LOOOL ;)

      Eliminar
  3. Parabéns,Mark, pelas notas! Mandou muito bem. Continue sendo esse aluno aplicado! Mais uma vez, meu Parabéns!

    ResponderEliminar
  4. Estás de parabéns :-)
    Acima de tudo parece-me que é o fruto do teu trabalho e dedicação., e portanto merecido :-)
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado. :)

      Sim, estudei imenso. Também não poderia ser de outra forma... :|

      abraço.

      Eliminar
  5. Deixo-te apenas os Parabéns :)

    Continua assim

    Abraço :3

    ResponderEliminar
  6. Parabéns, agora é continuar com esse ritmo até ao final do curso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado. :)

      Sim, é o que pretendo. :D

      Eliminar
  7. Parabéns, sem reservas.
    As tuas expectativas altas são sempre boas, pois só sendo exigente contigo próprio conseguirias ter tido até aqui os excelentes resultados alcançados.
    Quanto ao que falta, disseste tudo: entraste no sistema...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado. :)

      Bom, dependendo da disciplina assim deposito as minhas expectativas. :D Não esperava nada de brilhante àquela e, na volta, foi a minha melhor nota. :)

      Eliminar
  8. o que nos caracteriza tão bem é sermos resilientes, esta nossa capacidade de nos adaptarmos às dificuldades e ganharmos, com isso, uma nova força. assim, com afinco, inteligência, algum amor à causa, que se vai ganhando ao longo do tempo (se não gostasses de Direito não terias escolhido esse curso), irás ter sucesso nesta fase da tua vida. e no futuro, seguindo outra via nos antípodas deste curso, saberás que estas bases foram importantes.
    muitos parabéns :)
    bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado, querida. :)

      De facto, habituei-me à ideia. De início custou-me imenso: estranhava as matérias, cansava-me rapidamente quando estudava, sentia-me incompleto... Hei-de gostar um pouco. :)

      beijinhos.

      Eliminar
    2. A palavra resiliência também foi o que me veio à memória ao ler o teu post, e a Margarida descreve-a tão bem que não consigo acrescentar mais nada. Parabéns!

      Eliminar
    3. A sensatez e a sabedoria da Margarida são um tesouro. :')

      Muito obrigado, coelhinho. :)

      Eliminar
  9. muitos parabéns Mark (;
    Continua assim e se puder ser, melhora ^^

    Muitas felicidades!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas tuas palavras! :')

      Felicidades para ti também! '-'

      Eliminar
  10. Mais que merecido! É bom ver o teu esforço recompensado desta maneira :)
    Abraço Mark.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A recompensa do esforço sabe sempre bem. :)

      Muito obrigado, Arrakis! :)

      abraço.

      Eliminar
  11. Muitos parabéns Mark! Pelo que li, pareces um miúdo atinado, com objectivos, assertivo e lutador! Não te percas e continua o teu caminho com afinco e dedicação! Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Owwn, que querido. :$

      Muito obrigado, Namorado! :)

      Faz-se o que se pode. :D

      abraço grande.

      Eliminar

Um pouco da vossa magia... :)