19 de outubro de 2010

Perdeste-me de Vez


Foste um pedaço de mim. Foste um pouco da minha história. Foste a primeira pessoa que amei. Foste a pessoa que mais desejei, anseei, pedi para estar junto. Foste o meu primeiro beijo a sério, a primeira vez que saí com alguém que amava verdadeiramente. Fazes parte de anos da minha vida, de capítulos de um livro que julguei jamais encerrar.
Vivemos momentos felizes, momentos que jamais esquecerei. Tudo está guardado num lugar especial da minha pródiga memória. Recordo-me de cada pedaço da tua pele, do teu corpo. Do sabor da tua boca, do calor dos teus abraços, do cheiro do teu cabelo molhado. Recordo-me também dos beijos que demos, das carícias inocentes que trocámos, da primeira vez que entreguei o meu corpo à sede do teu corpo. Da tua mão a acariciar a minha nuca, provocando-me arrepios por toda a minha pele, do sussurar das tuas palavras tímidas no meu ouvido atento e apaixonado. Do teu hálito quente e húmido, adocicado que temperava os meus desejos profundos. Do brilho luminoso do teu olhar, cuja cor parecia-me modificar de tempos a tempos.
Tu em ti era parte de mim. Tudo em mim era um pouco de ti.
Contudo, o tempo e a vida revelaram um amor frágil, imprudente e inseguro. Ruiu, caiu como um castelo de cartas. E o amor que em ti edifiquei, transformou-se num amontoado disperso de destroços. O castelo caiu, mas o que sentia por ti ainda ficou. E ficou, ficou, ficou... Manteve-se bem mais do que eu imaginava. Da tua parte nunca soube. Pensei que sim, acreditei que não...
Sofria ao ver-te. Desejei que a tua avó vivesse bem longe da avó para nunca mais olhar para ti. Mas estavas constantemente na minha direcção, no meu caminho. Hoje, ao olhar para ti, nada senti, em cinco anos. Nem desejo, nem paixão e muito menos amor. Nada em ti mexe comigo.
Perdeste o teu lugar para alguém.
Perdeste-me de vez.

9 comentários:

  1. Gostei deste teu texto, muito bem escrito. O primeiro amor é assim.

    ResponderEliminar
  2. Adorei o teu texto, espero conseguir esquecer o meu amor assim...só que em menos tempo...

    ResponderEliminar
  3. As marcas ficam, os sentimentos vão, e as pessoas desaparecem da nossa vida. Com isto quero dizer que tenho certeza de que esse amor deixou marcas que te irão guiar num futuro melhor em termos amorosos. Os sentimentos que antes nutrias por essa pessoa desapareceram, tornou-se indiferente para ti. E provavelmente a pessoa em questão não voltara a entrar na tua vida, ou pelo menos, não da mesma forma.
    E o que eu mais gosto, é quando acontece como nos filmes, virem anos ou meses depois choramingar os antigos sentimentos que tinhamos como se eles nunca tivessem sido os próprios culpados de as coisas nao terem dado certo como deviam. Adoro histórias como nos filmes :D
    No meu caso prefiro mesmo k ele nao me apareça mais à frente em nenhum aspecto ou circunstancia. Quero esquecer que ele existe, que entrou na minha vida. E estou a conseguir, ou melhor dizendo, já consegui.
    Dsclp se o comentário foi mt grande.
    Abraço, força nisso =D

    ResponderEliminar
  4. concordo com o LusoBoy. Ainda bem que conseguiste resolver esse pedaço de ti. Cinco anos é bastante tempo, é certo, mas o pior já passou.

    ResponderEliminar
  5. Gostei bastante deste post.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. mark o teu texto está brutal! escreves muito bem e passas bem as palavras para o papel, neste caso para o blog. =D quero dizer, consegues exprimir bem as tuas emoções. é um dom.
    abraço.

    ResponderEliminar
  7. Ler este post, só me lembra que a vida é feita de perdidos e achados :-)

    ResponderEliminar
  8. Estou sem palavras… e isso diz tudo. Este texto é arrebatador.

    ResponderEliminar
  9. Este teu texto, e escrito num contexto temporal importante para ti, é como que o final de uma catarse fundamental para ti. Precisavas de, uma vez por todas, abandonar algo que continuava a perseguir-te; pediste ajuda às palavras, que tão bem sabes manejar e eis um belo texto.
    Estás pronto para o que aí vem...

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)