7 de março de 2013

Exposição 360º Ciência Descoberta


    Soube que a Fundação Gulbenkian inaugurou uma exposição sobre os Descobrimentos, nomeadamente ibéricos; na minha perspectiva, os mais interessantes, uma vez que portugueses e espanhóis foram os primeiros a ousar enfrentar os mares " nunca antes navegados ", lançando-se numa aventura sem igual, séculos antes do Homem partir em busca do espaço e da Lua.

   Os meus olhos brilharam porque, apaixonado que sou por História, não poderia deixar passar esta oportunidade. Além disso, o enquadramento interessa-me imenso. Aborda a ciência nos séculos XV e XVI, o contacto dos povos peninsulares com os habitantes do Novo Mundo, os progressos técnicos e científicos que proliferaram naqueles tempos, ao contrário da Idade Média em que, segundo a maioria da doutrina, onde me incluo, houve um retrocesso civilizacional enorme desde a queda do Império Romano do Ocidente (476 d. C.).



      Num período de contenção orçamental, eu entendo que o grande público corte um pouco - ou muito - na cultura, no entanto, é uma exposição que considero interessantíssima até como meros conhecimentos gerais. O preço dos bilhetes é acessível - bastante - e, segundo vi no site da Fundação, aos domingos é gratuito. Eu irei, certamente, enquanto as aulas mo permitirem...
       Não deixa de ser um cruzar do passado com o presente, afinal, a humanidade não seria a mesma se aqueles homens não tivessem sentido o apelo da curiosidade. Uniram os continentes e criaram a primeira vertente da globalização que agora tanto está na moda. Depois da visita guiada, podem também passear nos jardins da Gulbenkian, o que é sempre maravilhoso. :D

        Deixo-vos o link aqui para mais informações.

18 comentários:

  1. Obrigado pela sugestão Mark! Adoreiiiiiii! É um dos meus temas favoritos! Vou "obrigar" o miúdo a ir comigo! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Idade Moderna é, de longe, a minha era favorita. :)

      Oh, que bom, será uma tarde, a dois, romântica e cultural. Não desperdicem os jardins, aquilo dá p'ra namorar! Lol :D

      Eliminar
  2. Que óptima sugestão :)

    Obrigado pela partilha :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Achei que seria interessante. :)

      Ainda bem que gostaste.


      abraço.

      Eliminar
  3. se vc gosta de história, talvez goste do meu blog, tenho uma coluna sobre história gay.
    eu sou historiador, e minha pesquisa de doutoramento foi exatamente sobre o século XVI e XVII e o choque do europeu com as descobertas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hum, muito interessante. :) Passarei no teu blogue, claro, quando chegar a casa.

      Um historiador, uau, quem me dera! Enveredei por uns caminhos mais legalistas. :)

      Eliminar
  4. muito obrigada pela divulgação, Mark. é verdade, muitos museus continuam a ter entradas gratuitas aos domingos de manhã e este não é excepção.
    bjs. bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que assim o é, querida. Num período de fortes cortes nos orçamentos familiares, a cultura é a primeira grande prejudicada. :|

      beijinho e bom fim-de-semana.

      Eliminar
  5. Adorei a sugestão Mark. Se calhar vou arrastar alguém comigo e vou lá dar um salto. História e Ciência juntas numa só exposição, me gusta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É realmente muito interessante. :) Também não perderei por nada.

      Eliminar
  6. Não vou perder de maneira nenhuma, o tema é fascinante. Talvez vá mesmo este fim-de-semana!
    Abraço Mark.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos tempo, mas também pretendo ir o mais depressa possível. :)

      abraço.

      Eliminar
  7. Sou "cliente" da Gulbenkian e o tema é deveras interessante. E é verdade que o preço dos ingressos não pode ser uma desculpa porque efetivamente as entradas são gratuitas aos domingos.
    A ir sem dúvida.
    Abc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto. :)

      Bem, tantos interessados em História. :D

      abraço.

      Eliminar

Um pouco da vossa magia... :)