16 de abril de 2013

Sol.


   Os dias de Sol têm um efeito positivo em mim. Aliás, creio que em todos. É impossível ficar indiferente à claridade das tardes, ao calor provocado pelos raios de sol na pele branca dos braços, clamando pelas t-shirts primaveris, leves e frescas.
   Hoje, depois do almoço, fui imediatamente para a faculdade. Não me permiti a ficar dentro de um anfiteatro quente, abafado, cheio de dióxido de carbono sufocante. Fui para os jardins traseiros e sentei-me na relva, à sombra de uma pequena árvore. Não pensei que poderia sujar as calças, nem na aula que acabara de perder. Aquelas horas eram minhas e nada me poderia perturbar. 


   É bom pensar no vazio de um momento, naquele limbo entre a existência e o idílico, entre o paraíso e o mundo profano. Sentirmo-nos livres é isso mesmo. É violar as regras sociais, é ousar errar sem medo, é enfrentar os conceitos estabelecidos e ultrapassá-los. É não ser escravo da vida, mas escravizá-la à nossa vontade. Posso dizer que vivi aqueles instantes. Vivi-os à minha maneira.

   Amanhã terei teste. Não estou preocupado, admitindo que poderei não estar preparado como deveria. Contudo, a paz apoderou-se dos meus pensamentos e de todas as minhas acções, ao contrário de alguns dos meus colegas que vivem em permanente ansiedade. Libertei-me desse jugo, não conseguindo explicar como o fiz. Creio que olhei o céu e fui absorvido pelo seu azul imensurável.

   Nada se equipara à sensação de liberdade.

24 comentários:

  1. O que uns raios de Sol podem fazer...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade. :) Tiraram-me um peso de cima.

      Eliminar
  2. Finalmente chegou a Primavera e entrámos em modo primaveril! :P

    ResponderEliminar
  3. isso é que foi uma overdose de vitamina D. até se nota na escrita ;)
    sim, o sol veio para ficar. já tinha saudades.
    bom teste.
    bjs.

    ResponderEliminar
  4. Hoje esteve um dia muito bonito mesmo :3

    Que saudades que eu já tinha do Sol

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  5. Mark
    há algum tempo já que não refiro num comentário aqui no teu blog a minha recorrente afirmação da tua inimaginável evolução.
    Ela nota-se bem, embora não esteja explicitamente declarada neste teu texto tão interessante.
    Há uns tempos atrás era quase impossível dares prioridade ao Sol, em vez de outras coisas que consideravas absolutamente essenciais.
    Afinal, tudo é relativo, não é verdade?
    Estás um Homem, Mark!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algo que ainda ando a aprender é a relativizar as coisas, afinal só têm a importância que lhes damos, sem prejuízo de que a faculdade é muito importante. :)

      Eliminar
  6. O sol realmente está a fazer milagres em todos nós! ^^
    E o exame irá correr-te bem, tenho a certeza disso! :)

    ResponderEliminar
  7. Aqui vem alguém do contra... Como este sol me assusta! A minha pele fica a tostar (haja protetor solar) e com a subida de temperatura, transpiro de forma descontrolada. Em suma, prefiro o inverno.
    Espero que a prova tenha corrido bem.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comecei a ver o encanto de todas as estações; já gozei o frio, agora vem o calor. :)

      Correu assim-assim.

      abraço e obrigado. :)

      Eliminar
  8. Não foste o único a trocar o ambiente pesado da madeira escura daqueles anfiteatros pela relva e o sol que se fazem sentir. =P
    Infelizmente hoje já só em pequenos intervalos é que me pude ausentar da biblioteca...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que me entendes. ;)

      Estamos tão perto. Lol Inevitavelmente já nos cruzámos!

      Eliminar
  9. Ai ai ai o menino mark anda-se a baldar às aulas.

    Que se passa contigo? Estás doente?

    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quis estar sossegado, apenas isso. :)

      Eliminar
  10. É bom sermos donos da nossa vida! É uma grande responsabilidade mas também dá um gozo infinito :)
    Abraço Mark.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada vez mais apercebo-me disso, mesmo eu que sempre fui tão saudosista em relação à minha infância. É bom ter o controlo da nossa vida, embora ainda não possa falar disto plenamente. ^^

      abraço, Arrakis. :)

      Eliminar
  11. Um solzinho batendo nos nossos rostos é bom demais! A gente sente nosso corpo produzindo vitamina D. A gente fica feliz :)

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)