9 de julho de 2019

O fim... do ano lectivo, com c.


   Com o início do título, até se assustaram, não? O fim. Será que é agora que ele vai encerrar de vez o blogue? Não, ainda não é desta, embora ande ligeiramente afastado destas lides. 

  O que é que tenho feito, perguntar-se-ão. Algumas coisas; umas que gosto mais, outras que gosto menos. Na última semana, fiz uma oral de Contencioso Administrativo, na quarta. Uma oral de passagem. Gosh, o raio da cadeira deu-me imenso trabalho a fazer. A regente pôs a mão na massa, como um assistente disse, e corrigiu alguns testes e exames. Como sou um tipo cheio de sorte, foi ela quem corrigiu o meu teste e o meu exame. Não será difícil imaginar que a nota não foi um espanto, obrigando-me a ir à oral. Sim, uma oral, com um júri. Eu, de fatinho e gravata, perante dois professores até acessíveis e simpáticos - rezei para que não fosse a regente. Passei. A algum custo, mas passei. Fiz todas as cadeiras a que me comprometi, seis. Parabéns a mim.

  Antes disso, na segunda-feira, fui a Lisboa com a minha mãe. Ela teve de tratar de uns assuntos e pediu-me para que a acompanhasse. E eu lá fui, claro. Adoro andar com a minha mãe. Da parte da tarde, passámos pela baixa, onde almoçámos numa hamburgueria de decoração retro-chic, comprei um polo na Springfield e um livro na Bertrand. O polo é muito giro, vermelho, e é para estrear quando o tempo melhorar, ou eventualmente no Algarve, se for para lá neste Verão, que ainda não sei. O livro, pois, não era  para o ter comprado, porque, como bem se lembram, comprei imensos livros na edição deste ano da Feira do Livro. Acontece que tinha um montante a caducar no meu cartão da Bertrand. Um montante não desprezível, por assim dizer. Com o remanescente, trouxe um clássico, outro que ainda me faltava. Deixo-lhes as fotos.






    Tem sido assim, um começo de Verão tímido. Tão tímido quanto a temperatura, que ainda não é de Verão, mas que agradeço: continue. Ah, acompanhei a Copa América e a Gold Cup, competições que terminaram ontem. Parabéns aos vencedores, o Brasil e o México, respectivamente.

6 comentários:

  1. Eita! Estavas sumido mesmo. Bom verão por aí, eu por aqui adorando nosso inverno mentiroso ... quanto aos parabéns só discordo do que você endereça ao Brasil.

    Beijão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, tenho andado. Outras prioridades. :)

      No fundo, meu amigo, queria que o Peru tivesse ganhado, mas o Brasil jogou em casa… Teve todo um outro apoio. Além disso, o VAR favoreceu-o totalmente.

      Um beijo.

      Eliminar
  2. Boas férias então ;)

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  3. Boa noite Mark. Depois de alguns dias fora quero enviar-lhe os parabéns pelo sucesso. Que tenha muitos mais e agradeço-lhe a partilha :)
    Um bom repouso
    Manel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Manel.

      Muito obrigado. :)

      Espero que esteja tudo bem consigo.

      Cumprimentos.

      Eliminar

Um pouco da vossa magia... :)