3 de maio de 2015

VII Aniversário.


  Como vem sendo hábito, e este ano hesitei em se deveria ou não fazê-lo (tantas comemorações!, demasiadas para a minha circunspecção...), assinalo mais um aniversário do blogue. Sete anos. Três de Maio de dois mil e oito. Parece que o criei ontem!... Recordo-me com notável precisão daquela noite, em casa, num computador fixo, com pouco para fazer. Sem pretensão comecei a escrever e por anos relativizei este espaço. Provavelmente dei-lhe a importância que uma mera plataforma virtual nos merece. Em todo o caso, foi ganhando relevância com o tempo, quando atentei nas suas potencialidades, começando a expor-me, no alcance benéfico do término, e consequentemente a dar-me a conhecer.

    Hoje em dia, é como um bem que tenho. É parte de mim. Gosto de por cá andar, de aprender com outras formas de estar e de encarar a vida, lendo, seguindo, acompanhando. E é admirável tomar conhecimento da mudança, assemelhando-se cada blogue a um álbum de fotografias que vamos guardando com as respectivas datas. Sete anos poderão não comportar alterações substanciais em pessoas já adultas, de personalidade, gostos e vontades assentes e definidas, mas em mim fizeram toda a diferença. Amadureci, perdi alguma espontaneidade. É inerente ao processo de crescimento, assim creio.

    Lentamente, o blogue adquire uma faceta de cronologia, como um documento que atesta a passagem dos anos. Peças que encaixam em cada período, testemunhando angústias, motivações, estados d'alma. Desempenha o seu papel. É útil.
      Jamais imaginei que aqui chegaria. E, por enquanto, consolidou-se. A vontade de ficar persiste.

       Resta-me agradecer o vosso carinho e a vossa atenção. Obrigado!


lots of love,
Mark

20 comentários:

  1. Muitos Parabéns,

    Sete anos a escrever, é obra :)

    Grande Abraço amigo Mark

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amigo Francisco. Sim, é tempo. :)

      abraço!

      Eliminar
  2. Parabéns! Que continues por cá a partilhar o teu vasto conhecimento e sabedoria com os comuns dos mortais, querido Mark! ^^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João, sou um comum mortal e ando cá para aprender. Cada um de nós ensina e aprende.

      grande abraço!

      Eliminar
  3. Mais uma vez, muitos parabéns "Às Aventuras de Mark"! :)

    ResponderEliminar
  4. "Lentamente, o blogue adquire uma faceta de cronologia, como um documento que atesta a passagem dos anos." identifico-me tanto com isto.

    além de ser um dos meus blogs preferidos, é, no sentido da frase que cito acima, uma maneira de estar perto e acompanhar uma pessoa que admiro.

    e foi tão bom ontem ter sido uma espécie de comemoração avant la lettre.

    congratulations, my dear

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fiquei tão feliz por te ver, Miguel. Não estava mesmo à espera de te encontrar por ali. Ganhei o dia. :) Que possamos ter muitos momentos assim.

      um abraço grande!

      Eliminar
  5. Mark conheço o teu espaço há pouco tempo, sei que tem alguns anos mas logo vi que tinhas algo que consegues passar no que escreves. Ainda bem que sentes que há uma mudança, uma evolução e falavas na espontaneidade, ela pode querer dizer alguma coisa, quando quando dizes que a perdeste alguma, sabes o que é realmente importante no que toca a ela? Conseguires ter alguma.

    Que venham mais anos, com um Mark ainda mais maduro :-) Parabéns às Aventuras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda vou conseguindo ter alguma espontaneidade, amigo No Limite.

      Creio que todos conseguem usar as palavras do seu jeito. Temos o nosso estilo, indissociável, o que nos torna únicos. :)

      Agradeço em nome d'As Aventuras! :)

      Eliminar
  6. sete anos! :) parabéns, Mark.
    Foi muito bom rever-te.
    bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Margarida. Em nome do blogue agradeço. :D

      Gostei muito de te rever também.

      um beijinho grande.

      Eliminar
  7. Parabéns!
    E o meu comentário aos teus 7 anos de blogosfera foi feito como diz o Miguel "avant la lettre", no sábado passado.
    Foi bom reencontrar-te e continuar a assistir a uma evolução tão grande e boa em ti própria e que claro se reflecte aqui no blog.
    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um momento bem passado, ainda que de curta duração. Gostei de te rever!

      Obrigado pelas tuas palavras, amigo João.

      um abraço. :)

      Eliminar
  8. Parabéns!!´

    Gostas de andar por cá e nós gostamos de te ler :)

    ResponderEliminar
  9. sete anos... parabens! parabens pela constancia e qualidade, este seu BEM é muito bom ! rsrsrsr

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado, Homem. :) Fico alegre ao saber que tenho leitores nesse imenso e belo Brasil. :)

      Eliminar

Um pouco da vossa magia... :)