29 de abril de 2015

April 29 & CIGNO Awards.


    Passou um ano. Em criança, o dia do meu aniversário era sempre motivo de alegria, de presentes, nem tanto do bolo. Era o melhor dia. O mais aguardado. Mal adormecia. Acordava primeiro do que todos, ficava à espera que os pais me dessem os parabéns, dissessem o que faríamos, onde almoçaríamos, a que horas me levariam à loja de brinquedos mais perto. Volta e meia, uma sessão fotográfica, telefonemas dos avós, tios, demais familiares. Sorrisos estampados no rosto.

    Presentemente, é uma data que chega quase como uma sombra. "Lá vens tu." "Estás tão próximo, a sério?" Meio um velho amigo que nos acompanha. Um amigo que perde o seu encanto, malfadada vida. E dizem que sou tão novo para ser indiferente ao aniversário... Não há festa, não há alarido.

     Constato isso em mim, a desilusão. Parece que está tudo conhecido, quando sei que há ainda tanto por desvendar. Não consigo, por mais que queira, encontrar um estímulo adicional. Chamem-lhe genes, conformismo, inadaptação. Sou assim e agora dificilmente mudo. Em todo o caso, lamento que a pessoa que fui se tenha dissipado ao longo dos anos. Ainda não a esqueci. Todavia, o maior receio prende-se em quem ainda sou, que mal ou bem se sustém. Temo, a décadas, lastimar ter-me perdido.
     O pai ligou-me. Reaproximámo-nos com o falecimento do avô. É o contraste. A pequena dádiva que atenua. Fica assinalado.


     Uma palavra para os CIGNO Awards. No domingo, na gala interactiva, fui galardoado com dois CIGNOs: Melhor Blogue LGBT Pessoal ou Diário e Melhor Produção de Texto em Blogue LGBT. Na primeira categoria, fiquei bastante surpreso. Não tinha noção alguma de que os meus escritos mais pessoais suscitassem tanto reconhecimento, conquanto seja uma parcela relativamente irrisória do que escrevo. Muito obrigado a quem votou em mim. Agradeço o reconhecimento e o carinho. Verdadeiramente estimo as pessoas que me acompanham. Embora saiba distinguir o real do virtual, não sou indiferente, de forma alguma, aos laços que se estabelecem entre nós. Negá-los seria, a par de os diminuir, injusto.




34 comentários:

  1. Primeiramente quero desejar-te um feliz aniversário :) Eu estou como tu (não quero comemorações), mas tenho vários motivos pessoais para ter essa postura além de que, tenho mais 10 anos que o menino Mark'zinho. As festas com a idade deixam de ter assim tanta piada. Acho que quando escreves que "parece que está tudo conhecido" é um grande erro porque há, e sempre haverá, muito para conhecer por esse imenso mundo a fora!

    E despeço-me, novamente com os desejos de um feliz aniversário, que passes um dia feliz e que seja um marco para te transformares na pessoa que queres ser.

    Um grande abraço e muitas felicidades!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Namorado. :)

      Bom, às vezes ser mais novo não significa ser mais feliz ou ter mais ambições. :)

      um grande abraço, amigo.

      Eliminar
  2. feliz aniversário, Mark. festa, bolinho! :)) vá, um bolinho, pelo menos isso.
    um dia de aniversário é sempre para comemorar, não necessariamente de modo efusivo se não nos apetecer, mas mais um ano se passou, estás a meio do mestrado, amadureceste, abriste-te um pouco ao mundo. que importa se demora tempo? é ao teu ritmo.
    quanto aos cigno ganhos, parabéns, eu gosto de ler a tua fase mais íntima, nomeadamente a dos últimos posts. como referi antes, amadureceste imenso e isso nota-se na forma como encaras a vida, as relações.
    bjs e resto de dia feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Margarida.

      Sim, bolo parece que vou ter. :)

      Amadureci, ando menos soturno. Tento dosear o lado pessoal. Gosto de escrever sobre mim, mas nem sempre estou disponível para o fazer.

      um grande beijinho.

      Eliminar
  3. Muitos parabéns meu querido Mark. É tão bom festejar a vida. Sei que o podemos fazer todos os dias, e devemos fazê-lo. Mas, pelo menos de ano a ano, brindemos a esta festa. Hip, hip, hurray... :))
    Parabéns também pelos troféus, inteiramente merecidos.
    Um grande abraço, apertado e amigo.
    Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Pedro. Há quanto tempo!...

      um grande abraço e obrigado pelos votos e pelas gentis palavras. :)

      Eliminar
  4. Parabéns homónimo, estou como a Margarida, pelo menos bolinho. Mark, desejo-te o melhor que a vida tem para te oferecer, ficas sempre melhor a sorrir. Um abraço grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado, Eolo.

      um grande abraço! :)

      Eliminar
  5. Muitos Parabéns, tem um dia muito feliz :)

    Parabéns pelos dois troféus, este teu blogue, é um Blogue com renome e referência :)

    Grande Abraço amigo Mark

    P.S - Hoje deixo-te um beijinho ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Francisco.

      um abraço e um beijinho. :)

      Eliminar
  6. O simbolismo de mais um ano passado afecta nos de maneira diferente ao longo da vida. Talvez daqui a uns anos mudes novamente de perspectiva, talvez não.
    Desejo-te alegria como prenda de aniversário, que é o que me parece fazer-te mais falta ás vezes.
    Quanto aos prémios, fico feliz que tenhas gostado, no final de conta a iniciativa nada mais foi do que uma forma de distinguirmos quem dá um pouco de si por cá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nas últimas semanas tenho andado mais animado, mas, mantendo-se a tendência dos anos, a perspectiva não mudará. Também depende daquilo que me for acontecendo.

      Gostei muito! E estás de parabéns pelo fantástico design e dedicação. Levas imenso jeito. :)

      Eliminar
  7. Parabéns Mark! Muitas felicidades em sua vida! :)

    Grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado, Ty.

      um abraço desde Lisboa a SP. :)

      Eliminar
  8. Amigo, que espero que tenha um excelente dia! Mais do que as perspectivas, espero que possas renovar os sonhos, as esperanças e se esforçar para fazer bom uso desse novo ciclo que se incia... A vida tem lá suas manhas, nunca sabemos ao certo o que nos espera nem o que iremos fazer, assim... espero apenas que esteja atento e que possas aproveitar os momentos que estão por vir...

    Pode ser que eles te levam a uma mudança de perspectiva, pode ser que não, mas independente disso terás a certeza que viveu e aproveitou a vida. Parabéns para você, muitas felicidades e sucesso no teu caminho.

    Quanto ao prêmios, mais do que merecido!


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como eu disse há uns tempos, amigo Latinha, a vida é uma sucessão de acontecimentos maus e menos maus. Há quem goste do risco. Eu temo enfrentar as adversidades.
      Até ao momento tenho aproveitado pouco. Depende do que consideramos aproveitar a vida. Talvez me resguarde de desgostos maiores.

      um abraço, amigo, e obrigado!

      Eliminar
  9. parabéns! estar vivo é sempre motivo de celebração. imagina o potencial de realização qu existe só por esse facto.

    ResponderEliminar
  10. parabéns! estar vivo é sempre motivo de celebração. imagina o potencial de realização qu existe só por esse facto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Silvestre, estar vivo nem sempre é motivo de celebração. Há existências duras e penosas.

      Obrigado. :)

      Eliminar
  11. Muitos Parabéns!! Os prémios são merecidíssimos :)

    ResponderEliminar
  12. Muitos parabéns Mark! Há já muitos anos que celebrar o dia do meu aniversário não é motivo para festas, não há uma razão lógica e acaba por ser um dia em que como um bolo diferente :-p Em parte entendo as tuas palavras.

    Os prémios que recebeste...como acompanho há relativamente pouco tempo o teu blogue vi logo que irias receber alguns, não só pela qualidade mas também pelo carinho que os que te acompanham demonstram quando te visitam neste espaço. Foram muito bem entregues :D




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo No Limite, tampouco ligo ao bolo. :) Os aniversários perderam o sentido. E envelhecemos. Comemoramos, necessariamente, mais um ano de vida e o lento percurso até ao ocaso.

      Os prémios demonstram o carinho e o reconhecimento. É sempre injusto porque todos os merecemos. Daí que estes galardões sejam também teus e de todos quantos comigo estiveram nomeados.

      grande abraço.

      Eliminar
  13. parabéns, meu caro. primeiro pelo aniversário, é claro. apesar de seres muito sombrio nestas coisas, e eu até nem estou tão longe de ti nisso, é sempre uma razão para celebrarmos a marca de mais um ano que passamos com vida, com saúde, longe das várias formas de miséria que tocam tanta gente. gracias a la vida, é isso mesmo.

    e depois parabéns pelos prémios. tu és um tipo excepcional, com cultura e interesses, com sensibilidade e bom senso (thanks, Jane), e que ainda por cima escreves bem sobre temas muito sérios, que fogem ao fútil e ao artifício. por isso os prémios são merecidos.

    e agora, vaya. comemora lá isso tudo, que não se podem perder as oportunidades e os pretextos de fazer a festa.


    abração

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Miguel, ler essas palavras da tua parte põe-me envergonhado. :) És alguém que muito admiro. Uma verdadeira inspiração, e fica sabendo que te vejo como um modelo a seguir.

      Vendo os aniversários numa outra perspectiva, o que me é difícil, têm a sua piada. Mas, sei lá, quando as pessoas são naturalmente alegres e bem dispostas é que vale a pena. Em pessoas como eu, estas datas deprimem.

      um grande abraço de saudades!

      Eliminar
    2. precisamente! estava aqui a ler a tua resposta e a pensar que a mim, só o meu aniversário é que me entristece um pouco, o dos outros deixa-me sempre contente. ora, como meu aniversário só há um por ano, e dos outros há sempre muitos todos os dias, então só pode mesmo ser um daqueles casos em que a maioria é que tem razão :)

      quanto a eu ser um modelo a seguir, só me faz lembrar aquele autocolante dos automóveis em Inglaterra: don't follow me, I'm also lost!

      abçs

      Eliminar
    3. Faço minhas palavras as tuas. Os aniversários dos que me rodeiam enchem-me de alegria, sobretudo o da mãe e o da avó (e o do pai...).

      Um modelo a seguir, sim senhor. :) És um homem regrado, interessante, culto, educado. Queres melhor referência para mim?

      um grande abraço!

      Eliminar
  14. Ora pára tudo! (eu sei: pára parece que se escreve agora para mas não me habituo à decapitação :p ) EU NÃO ME CONFORMO NÃO TERES GANHO O DE MELHOR BLOG ERÓTICO!!! Se este espaço tem valor é precisamente pela íntima confissão. Portanto, queremos intimidade, TODA!!! :D pró ano o prémio do Erótico será teu! xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOLOLOLOL onde se coloca o "gosto" neste comentário? LOLOLOL

      Eliminar
    2. Alex, deixa lá, eu sou partidário do AO e não o cumpro. Vê lá a minha coerência. :D

      Olha, nem eu. Não me conformo não ter sido indicado, sequer, para Melhor Blogue Erótico. Uma injustiça! :)

      Namorado: Temos de fazer uma petição junto da Google. :)

      Eliminar
    3. Agora fora de brincadeiras. És um miúdo especial, diferente e tão talentoso na escrita. De posts íntimos aos históricos, ganhamos tanto em ler-te (foste mesmo o único a que me mantive fiel como leitor. O João R. acompanho-o por outras vias onde podemos interagir mais nas opiniões e notícias). No fundo, quem ganhou os teus prémios fomos nós, que te lemos :)

      Eliminar
    4. Alex, muito obrigado pelo carinho. Bem sabes que lamento imenso teres deixado a blogo, embora acredite que, tarde ou cedo, voltarás. :)

      Que poderei dizer mais? :) Espero estar sempre à altura.

      um abraço grande e obrigado, uma vez mais.

      Eliminar
  15. Um aniversário, quer se queira, quer não é sempre uma celebração, pelo menos. de vida.
    E como tenho como um dos principais lemas que me regem "o que importa acima de tudo é a Vida", pois celebramos anualmente essa data com maior ou menor exuberância, mas sempre dentro de nós próprios com a consciência de um ano mais cumprido...
    Quanto aos prémios, não quero repetir-me, mas o teu blog faz completamente jus aos dois troféus que alcançaste, quem melhor que tu nestes blogs nomeados escreve textos tão bem elaborados como tu?
    E não te admires com o outro troféu, o de blog pessoal, pois tu deixas, e ainda bem que assim é, muito de ti neste teu espaço. E sempre num estilo muito próprio, contido mas muito coerente, sempre!
    Estás assim duplamente de parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Contar os aniversários tem, desde logo, uma conclusão notória: ainda por cá andamos. É bom nesse sentido. É bom quando olhamos para trás (eu não tenho muito para olhar, por enquanto...) e verificamos uma vida recheada de momentos alegres, com concretizações profissionais e pessoais, polvilhada, de preferência pouco, por momentos menos bons. O que acontece é que nem todas as "vidas" são assim. Há quem tenha passado por muitos desgostos, há até quem leve existências quase vegetativas. Para esses a vida pouco significará. Claro que os mais optimistas diriam: "Muito bem, estão vivos, já por si só é motivo de júbilo!" Eu não penso assim. No meu entendimento, faz sentido comemorar-se "a Vida", os aniversários, isto e aquilo, quando nos sentimos bem. Caso contrário, são dias como outros quaisquer.

      Muito obrigado pelas tuas palavras quanto aos prémios, amigo João. Não creio que tenha sido mais justo recebê-los eu em detrimento dos demais bloggers e blogues comigo nomeados, daí que considere que todos ganhámos. Eu sou apenas o, digamos, porta-voz destes dois galardões. :)

      Eliminar

Um pouco da vossa magia... :)