26 de fevereiro de 2015

Política de Conteúdos.


   A comunidade blogosférica da Google foi surpreendida, há dias, com uma notícia que nos dá conta da alteração da política de privacidade da empresa norte-americana no que diz respeito aos conteúdos permitidos e não permitidos na sua plataforma, o Blogger. Desde logo, várias vozes se opuseram, com firmeza, ao que parece ser uma medida invasiva, controladora, da Google sobre a liberdade que os utilizadores têm de usar os seus blogues como bem entendem.

   Em boa verdade, o que a Google pretende é banir da sua plataforma os conteúdos de cariz ou teor sexual, abrangendo vídeos e fotos. A par da minha opinião pessoal, que revelarei mais à frente, parece-me, em todo o caso, que a Google reservou-se o direito de alterar a sua política de conteúdos. Também não podemos falar de verdadeiro atentado à liberdade, uma vez que a nudez artística está contemplada nas excepções, a par da educacional e científica. O que haverá, a partir de finais de Março, é uma inibição à publicação de fotos e vídeos puramente pornográficos. Nada que outras redes sociais, como o facebook, por exemplo, não façam.

   A Google é muito explícita quando refere, e transcrevo, «nudez de forma ostensiva» e «imagens e vídeos que sejam sexualmente explícitos». No meu entendimento, tem havido algum alarmismo evitável. Vejamos. O que é a nudez? A nudez, simplesmente, é a exibição de um corpo sem roupa. A Google não é clara nos e-mails  informativos, não especificando se permitirá a nudez parcial (troncos nus, nomeadamente). Parece-me que a publicação de troncos nus, por assim dizer, de forma reiterada, será proibida. Não num contexto, por exemplo, de praia, acompanhando um texto nesse sentido. Todavia, um blogue que se dedique, a meu ver, ao culto do corpo, promovendo a musculação, enquadrar-se-á na excepção. Terá um teor educativo. Cuidar do corpo e do bem-estar físico é educá-lo para uma vivência sã. Fotos e vídeos eróticos, bom, o erotismo será uma arte. Estará, à partida, englobado no teor artístico. Quero chegar a este ponto: nudez por nudez queda banida a partir de agora. Em relação a fotos e vídeos puramente pornográficos, a Google é clara.

    Poder-se-ia aludir a um facto pertinente: quem se tornou utilizador dos serviços da Google, do Blogger, aquando da sua adesão, outras regras, as actuais, vigoravam. A medida adoptada é claramente retroactiva. Os blogues que surjam pós 23 de Março, como é evidente, estarão sujeitos às novas regras, bem como blogues constituídos anteriormente. Aí, sim, parece-me excessivo. A opção de se escolher o Blogger e não outra plataforma foi condicionada pelas políticas actuais. Muitos não teriam optado pelo Blogger caso soubessem que isto sucederia. Há uma violação clara do princípio da tutela da confiança. A medida é inesperada e a todos pegou de surpresa. Levará a que muitos reformulem os seus conteúdos, na ordem de milhões de publicações, ou que, vencidos pelo desgaste, exportem os seus blogues. Ainda há a opção de os tornarem privados. De outra forma, os conteúdos deixarão de ser públicos. A única diferença reside nos blogues criados a partir de 23 de Março: revelando conteúdos proibidos, poderão ser eliminados sem mais.

    Dado que nunca adoptei esses conteúdos, pela Google não recebi qualquer aviso, mas achei por bem esclarecer os pontos que considerei mais controversos. Creio que a Google foi um pouco longe de mais, muito embora entenda que estas medidas, que são legítimas, têm de se revestir de um carácter drástico. São opções. Se eu fosse o accionista maioritário da Google, provavelmente deixaria tudo como está. Os ilícitos criminais desde sempre estão contemplados na política de conteúdos do Blogger. Tudo o que constitua crime, imediatamente é comunicado às autoridades competentes em razão da matéria. Os avisos que já existem, de "conteúdos para adultos", conferindo ao visitante a oportunidade de aceder ou não a determinado espaço, eram suficientes.

        E a liberdade há, mais uma vez, em continuar ou sair.

Adenda: Depois de ter escrito este artigo, tive acesso a um dos e-mails informativos do Blogger para os utilizadores de blogues que, à luz da Google, contêm conteúdos possivelmente abrangidos pelas novas regras. Ao que tudo indica, textos estão contemplados. «Nas próximas semanas, deixaremos de permitir blogues com conteúdo sexualmente explícito ou imagens ou vídeos com nudez gráfica». Portanto, textos de teor sexual estarão proibidos na plataforma.

20 comentários:

  1. Sim, é verdade, não somos obrigados a continuar no blogger. Ou seja, ou aceitamos, ou encerramos os blogues ou o exportamos. A verdade é que a política blogger/Google é errada e a fazer crer no artigo do Público sobre esta problemática verificamos que se aplicarem as regras do Google+ que sugere que não se tirem/publiquem fotos demasiado perto do corpo, então começamos a perceber onde iremos parar. Mais. Ninguém nos garante que os blogues eróticos que vivem de uma escrita erótica e muitas vezes pornográfica consigam continuar com a sua linha editorial, conforme se pode ler também no referido artigo. O que acontece, é que muitos bloggers vão ficar condicionados na sua abordagem e se calhar o impacto das sua publicações será outro. Obviamente que para mim é indiferente a questão dos nus ou pornográfica porque não me faz falta no teu blogue, tinha o blogue para "maiores de 18" porque quis criar uma barreira entre o mundo "de lá" e o meu, só isso. Ainda assim considero um abuso enorme por parte do blogger/Google, sendo que apesar de eles serem os legítimos proprietários, obviamente que podem ditar as regras... ainda assim, julgo que estão a matar a plataforma blogger que muito deu à blogosfera.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não li o artigo do Público. Não sei o que o Público publicou. Fiz a minha análise.
      Quanto aos blogues que, e pego nas tuas palavras, «vivem de uma escrita pornográfica», creio não ter nada que ver. A Google é clara: fotos e vídeos. Não abrange a escrita. Se vivem de fotos e vídeos pornográficos, então não viverão mais, não com o Blogger. O erotismo é uma arte. Espero que a Google o entenda assim.

      Não sei por que aplicariam as regras do Google+. O Google+ é uma plataforma, o Blogger é outra. Ambos sob a égide da Google, mas acredito que haja essa distinção entre os serviços disponibilizados.

      Eliminar
    2. Não queria entrar em alarmismos, mas na foto do Silvestre no meu post sobre o calendário blogoesférico aparece com um proibido ! Aquele sacana :P

      Eliminar
    3. Censuraram a foto? Mas a Google foi clara: as alterações entram em vigor a 23 de Março. E até lá as pessoas terão de conformar os conteúdos visados.

      Eliminar
    4. "Em causa podem estar mais do que se possa imaginar à partida como blogues “para adultos”. Na interpretação do ZDNet, a proibição afectará escritores de histórias eróticas, ilustradores, relatos de vidas sexuais tidas como marginais, activistas LGBT, críticos de gadgets sexuais, bloggers dedicados à moda fetichista ou à indústria da pornografia. (...) A política de utilização do Blogger aproxima-se assim das que se encontram noutros serviços da empresa, como o YouTube e a rede social Google+ (esta última até pede para se evitarem imagens demasiado aproximadas de rabos e decotes). "

      http://www.publico.pt/tecnologia/noticia/querido-blogger-ate-o-sexo-se-foi-acabou-nao-sou-eu-es-tu-1687181

      Eliminar
    5. Namorado, não sei como fazem essa interpretação extensiva do informe da Google. Eu li, e eles são claros: fotos e vídeos de nudez e teor sexual explícito. Em lugar algum li "escritos". No meu entender, não abrange os textos. Creio estar-se a meter tudo no mesmo saco, passo a expressão.

      Eliminar
    6. Rectifico: parece que abrange textos, sim. Como não recebi nenhum e-mail, não sabia ao certo o que contêm. Li apenas o informe que puseram em todos os blogues.

      Eliminar
  2. eu recebi. logo no início do meu blogue publiquei um post com fotografias de mulheres despidas. artísticas, sim, e nada mostravam, mas estavam nuas. a google é americana, como o facebook. está tudo dito. não me incomoda por aí além. quando muito, fecho no blogger e abro no sapo, por exemplo.
    bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu pensava que só os blogues com aviso de "conteúdo para adultos" é que recebiam uma notificação no sentido de alterar alguma publicação. Bem, que prática inquisitorial. Andam, é caso para dizer, a "chafurdar".

      Sim, vão perder utilizadores, para mais facilitam a exportação para outras plataformas.

      um beijinho.

      Eliminar
  3. É certo que muitos vão migrar, eu incluído.
    Em mais de 400 posts que fiz devo ter uma ou duas imagens explicitas.
    Mesmo que não tivesse nenhuma não aceito esse tipo de condicionalismo aos meus conteúdos.Nem vou ficar á espera que alguém decida por mim o que é educativo ou artístico.
    Quero poder se me apetecer.Não podendo aqui,falo-ei noutro lado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, eles exageraram desta vez. Como dizem os amigos / irmãos brasileiros, "pegaram pesado".

      Vão perder muitos utilizadores.

      Eliminar
  4. No meu caso, vão ter que censurar tudo. Fotos e escrita se lhes apetecer. Já decidi que vou mudar-me para o wordpress. Concordo com a Margarida: são americamos.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imprópria, lembrei-me de ti imediatamente, mal soube desta alteração às políticas da Google. :(

      um beijinho.

      Eliminar
  5. Mark, não tenho uma opinião sobre este assunto. Mas gostei de ler a tua análise, apesar de continuar sem opinião. LOL

    ResponderEliminar
  6. Estou com a Margarida, se me chatearem mudo para outra plataforma ou cancelo o Blogue com direitos de autores. Não vá um americano criar um blogue ou filme a minha conta

    TP

    ResponderEliminar
  7. Respostas
    1. Sim, uma das soluções é exportares o teu blogue para outra plataforma. Dá para fazer isso, segundo li.

      É lamentável.

      um abraço grande.

      Eliminar
  8. Parece que entretanto já foi revogada essa decisão.
    O meu blog embora não tenha conteúdos pornográficos (longe disso) pode eventualmente publicar algo menos aconselhável, até coisas consideradas como arte. Daí eu ter escolhido, como mera medida de precaução o aviso de "Blog com conteúdo para adultos".
    Claro que eles me enviaram um mail e eu não vou desviar nada a minha "política editorial". Se vir que a coisa passa a se censurada, tenho fácil resolução - emigro para outra plataforma...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que voltaram atrás.

      Claro. Publicar um ou outro post com um conteúdo mais ousado nada quer dizer. Regrediram porque a medida foi muito criticada.
      Tudo o que fosse considerado arte não estaria incluído.

      Muito extremista, em todo o caso.

      um abraço.

      Eliminar

Um pouco da vossa magia... :)