30 de janeiro de 2014

Liebster Award


   O Eolo, do blogue 'Os Sabores do Vento', atribuiu-me gentilmente este desafio, subvertendo um pouquinho as premissas do mesmo, nomeadamente de não poder contemplar blogues com mais de duzentos seguidores, demonstrando assim a sua tão saudável irreverência. Em primeiro lugar, temos de enumerar onze factos pessoais; de seguida, responder às perguntas feitas por quem atribuiu o desafio.

   Estes desafios eram muito habituais aqui há uns anos. Ajudam a descontrair e, sobretudo, a dar a conhecer pormenores interessantes (ou não) de cada um.

   Os onze factos:

1. Não consigo dormir às escuras. Tenho, desde criança, um pequeno candeeiro que me ajuda a adormecer. A sua luz é fraca o suficiente para me deixar descansar e ilumina o bastante para que, abrindo os olhos, possa ver o quarto.

2. Nunca usei chupeta. A mãe, a babá, etc, colocavam-me a chupeta e eu cuspia-a de imediato.

3. Tenho um pavor enorme a cães de grandes dimensões. Poderão ser mansos, mas, só de os sentir por perto, entro quase em pânico.

4. Sou asmático desde que nasci. Uma forma moderada-grave de bronquite asmática que quase me ceifou a vida aos dois anos de idade. Daí para cá, sou acompanhado por um dos melhores alergologistas do país, que conseguiu controlar a doença, diminuindo as crises e proporcionando-me uma melhor qualidade de vida. Tomo medicação de prevenção. As crises persistem, contudo, a sua gravidade não se compara à de outrora.

5. Já li o Corão todo. Demorei alguns meses e fi-lo espaçadamente.

6. Nunca bebi álcool ou fumei.

7. Tenho carta de condução há anos, mas raramente conduzo.

8. Nunca usei o cabelo muito curto, excepto quando, aos quinze anos, num ataque de rebeldia (o máximo que os meus ataques provocaram), entrei num salão qualquer e rapei-o a pente um. A mãe ficou possessa porque nunca me fez cortes curtos - odeia o seguidismo, como eu. Vendo as fotos dessa época, até nem me ficava mal.

9. Tive três 20s de nota final num único período lectivo, feito até então (e creio que se mantém) inédito no colégio que frequentei.

10. Nunca quebrei ou desloquei qualquer osso ou fui suturado.

11. Odeio chocolate.


   Seguem-se as perguntas do Eolo:

1. Identificas-te com alguma personagem de ficção?
R: Não.

2. Se pudesses alterar o fim de alguma história, como seria?
R: De ficção, não faço a menor ideia. Real, ui, tantas. Impedia que D. Pedro II tivesse usurpado o trono ao irmão, D. Afonso VI. LOL

3. Qual o comportamento que te irrita?
R: Ser-se banal e corriqueiro. Vulgar.

4. Se o dinheiro não fosse obstáculo, qual seria o objecto de luxo que adquirias?
R: Não sou muito materialista no que diz respeito a objectos de luxo. Não sendo um objecto, adquiriria um apartamento em Nova Iorque.

5. Qual o destino de uma viagem de sonho?
R: Austrália.

6. Qual é o teu Muppet favorito?
R: Miss Piggy. LOL

7. Qual o presente mais original que te ofereceram?
R: Nenhum. Todos banalíssimos.

8. Uma pequena história embaraçosa...
R: Dar um beijo no cinema, na boca, com duas velhinhas simpáticas imediatamente à frente. E uma mulher a poucos lugares de distância, ao lado.

9. O filme da tua vida.
R: Nenhum.

10. Tens algum hobby ou talento em particular?
R: Assim de momento...

11. Se pudesses fazer cover de uma canção qualquer, qual seria?
R: True Colors, Cyndi Lauper.


   O desafio consistia ainda em nomear onze blogues, mas, como sempre, deixo à disposição de quem quiser pegar e fazer. Ah, e não tenho imaginação para deixar onze perguntas no ar. :)

29 comentários:

  1. Hummm
    What about you're true colours?
    Big hug

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Like a rainbow. :)

      abraço, Paulo.

      Espero que tudo esteja melhor.

      Eliminar
  2. Já ficámos a conhecer um pouco o nosso amigo Mark

    :D

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De certeza que há quem tenha factos imensamente mais interessantes. :)

      um abraço, querido Francisco.

      Eliminar
  3. três 20's ??? Muitos parabéns rapaz! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Português, História e Psicologia, 12º. Tive mais, mas três seguidos foi só nesse período. Oh, é fácil. Os programas do Secundário não são tão difíceis quanto parecem.

      Obrigado, Kyle. :)

      Eliminar
    2. Para o sucesso do aluno depende 30% da sua própria inteligência, 30% da sua vontade de aprender e 40% da qualidade do professor...
      parece que conseguinte reunir os três critérios...:-)

      Eliminar
    3. A sério? :) Não conhecia esses critérios. A qualidade do professor é essencial, é verdade.

      Eliminar
    4. São estabelecidos por mim, na minha experiência de aluno e professor. E se o professor for mau, muito dificilmente o aluno irá a bom porto. No meu ano, dos alunos de uma professora de determinada disciplina , apenas houve uma positiva no exame nacional (um 11, se não estou em erro). A essa disciplina eu costumava ter 15s, e no exame tive 7...

      Eliminar
    5. Eu também baixei um pouco nos exames nacionais. Estava muito tenso; não em relação a mim, ou ao meu desempenho, mas sim à caligrafia. LOL A minha letra não é feia, mas, como escrevo muito depressa, os 'r' minúsculos ficam semelhantes aos 'n', suprimo algumas letras ou ficam sumidas...

      A História desci um bocadinho se comparar com o meu desempenho ao longo de todo o Secundário. A Português nem tanto.

      Eliminar
    6. mesmo assim, estás de parabéns, eu já não consigo acho eu xD
      Sou um bocado preguiçoso :P

      r. sim, tenho mesmo que pensar muito bem! O curso que eu quero, parece-me melhor em Lisboa, tendo em conta o programa de disciplinas e tudo mais

      Eliminar
  4. Bem como tu és meu seguidor, não sei se sabes mas coloquei o blog em privado! contudo tenho noticias, e gostava muito que enviasses um email para umsimplesrapaz@gmail.com!! por favor!!

    ResponderEliminar
  5. Gostei das tuas respostas, é sempre bom ficarmos a conhecer um bocadinho mais sobre os nosso amigos! ^^

    beijinhos :3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, João, pela estima. :)

      É recíproca.

      um abraço.

      Eliminar
  6. Curioso, dos teus factos, só tenho um em comum contigo, o último, o do chocolate...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Posso comer, mas não gosto mesmo. :s

      :)

      Eliminar
  7. Então o menino tem medo do escuro... hum hum muito bem :P LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho um bocadinho, sim. :$

      Ahahah :D

      Eliminar
  8. a tua franqueza sempre me comove.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, Miguel, que nada. É suposto darmos a conhecer um pouco mais de nós com estes desafios. :)

      um abraço de saudade.

      Eliminar
  9. Já escreveste algum post sobre D. Afonso VI? É um tema que me interessa e achei curioso falares nisso. Gosta conhecer a tua perspectiva sobre esse período.

    Abraço, Mark.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Escrevi sim. :) Aqui: http://asaventurasdemark.blogspot.pt/2010/02/d-afonso-vi-amizade-homoerotica.html

      Já tem uns anos. Não sei se te recordas, mas há pouco tempo até te aconselhei um livro acerca de D. Afonso VI. :)

      A sua história é dramática, desde a infância, atravessando toda a idade adulta até à morte.

      um abraço, Arrakis.

      Eliminar
  10. Também nunca fumei!
    Quanto ao dormir, tem de ser em absoluta escuridão... :D

    ResponderEliminar
  11. Sou um mal educado!!! Nem um abraço lolol.


    Abraço, querido Mark! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu se fumasse, bem, nem quero imaginar... Seria um suicídio lento.

      Não consigo dormir às escuras. Não sei se será bem medo, medo. É um desconforto qualquer. A luz do dito candeeiro é bem fraca e não incide em mim, claro. :)

      Oh, esqueceste-te, normal. :D

      um abraço, querido Ine.

      Eliminar
  12. :) só consigo adormecer às escuras. em Paris, há uns bons anos, colocaram-me num quarto que tinha a luz do candeeiro a bater na janela. mesmo as cortinas corridas não eram suficientes. no dia seguinte, troquei de quarto. depois arranjei uma solução e comprei um tapa-olhos e ainda hoje o uso :)
    também nunca usei chupeta, usava o polegar, já não me lembro qual, até aos cinco anos. no ano seguinte iria entrar para a primária e forcei-me a adormecer sem ele, segurava a mão entre as pernas. mas acordava com o polegar junto à boca, depois :P
    bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os 'tapa-olhos' são bons para as olheiras. A mãe usa. :)

      Eu nem usar o polegar. Nunca deixei que me colocassem nada na boca. É esquisito. Lol

      um beijinho. :)

      Eliminar
  13. Eu adoro dormir com as cortinas abertas, poder ver as luzes lá fora, a chuva ou as árvores, e acordar com o claridade do dia. O P não gosta muito, mas não se importa da cortina ficar ligeiramente entreaberta.

    Que pena que tenhas esse pavor a cães. Eu adorava ter um Golden Retriever, ou um Labrador.

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)