13 de março de 2013

Dunas


     Desde sempre gostei de músicas antigas, partilhando da ideia generalizada de que o que se produz na área musical, actualmente, deixa muito a desejar. Imbuído nesse espírito, procurei, ontem, pelo single Dunas dos GNR, grupo simpático e que, graças ao seu talento, já me provocou vários sorrisos no rosto. Deparei-me, então, com este videoclip de 1985, do mesmo single, que aqui em baixo reproduzo.

    À primeira vista parecia-me tratar-se de um casal heterossexual, quando - para minha estupefacção - apercebo-me de que é um casal homossexual, adolescente, algo que jamais poderia equacionar atendendo à época e a um Portugal arcaico prestes a aderir à CEE. Reportando-me de novo aos nossos tempos, creio que até hoje seria difícil encontrar uma banda disposta a enfrentar os preconceitos ainda sedimentados neste país.

    O vídeo é muito erotizado e, confesso, tive dificuldade em localizar o papel de Rui Reininho no enredo, insípido, claro, mas cuja inovação ofusca por completo a eventual parca qualidade. Se já gostava dos GNR, não dissimularei uma admiração que brotou do nada. Admiro-os por terem ousado desta forma e, talvez por isso mesmo, condenado o vídeo a um papel mais do que secundário - eu não o conhecia e tenho a certeza de que não será conhecido por aí além... A música, essa sim, é dos seus sucessos mais significativos, a qual aprecio imenso.





26 comentários:

  1. por muito que queira concordar contigo, não sei se eles são realmente um casa homossexual, na verdade não há nada que o prove, podiam ser apenas muito chegados, no entanto, mostra na mesma a ousadia dos GNR :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São claramente um casal. :) Atenta nos pormenores: os olhares no final, a parte em que um deles deixa cair os grãos de areia no abdómen do outro, o carinho subjacente, os pensamentos vãos de Reininho ao longo do vídeo... É todo um homoerotismo mais do que implícito. E, mais não fosse, o contexto em que está inserido.

      Os GNR merecem uma salva de palmas. :D

      Eliminar
  2. :)

    Também gostei muito da música na altura :)

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu adoro a música, não desde a altura porque ainda não estava previsto nem em sonhos. :D

      abraço.

      Eliminar
  3. Pois realmente nunca me tinha apercebido disso e digam o que disserem, é quase pornográfico e sim é gay! LOLOL

    Ah e adoro a música! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É deveras erótico. :) Aborda um amor juvenil, bonito.

      Eu fiquei boquiaberto. Gosh, estamos a falar de há trinta anos, quase!

      Eliminar
  4. Fiquei estupefacto!
    Não me recordava desta versão do videoclip. Contudo, por exemplo as latas de Compal são as da época, assim como os penteados, etc, etc. Parti à descoberta... Penso que devem existir 2 versões pois a que conhecia e passava na tv então era esta http://youtu.be/-DvtDLkIiTc
    Mais tarde, outro teledisco e tema polémico tiveram relacionando a igreja/ uma santa e prazer ;)
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este vídeo é o videoclip da música ou, pelo menos, um deles, uma vez que apresentas outro. Acredito que tenham realizado essa versão mais "soft" para a televisão. Não são raros os artistas que gravam duas versões. :)

      abraço.

      Eliminar
  5. Claro que me lembro e sempre gostei deste tema fos GNR.
    Desconhecia era o vídeo e foi uma autêntica surpresa ver um clip bastente homo-erótico e naquela época.
    O papel desempenhado no clip pelo Rui Reininho também me parece deveras ambíguo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Rui Reininho dá a entender que é um dos rapazes e que está a recordar-se dos momentos vividos. Lol

      Eliminar
    2. tens razão, Mark, ele está a recordar-se. e confesso eu que também não me recordava desta versão.
      quando era adolescente, foi uma das minhas músicas preferidas, :)
      bjs.

      Eliminar
    3. A Dunas é maravilhosa, intemporal. É daquelas músicas que se podem ouvir incessantemente sem que o enjoo chegue. :D

      beijinho.

      Eliminar
  6. Mostras-te me um novo lado desta música e do Portugal da época, não admira que não tenha sido o videoclip a ser lançado. É deveras um video muito homoerótico e adorável.

    Btw, adoro a moda daqueles tempos, aqueles calções são espetaculares.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É como dizes: adorável. Infelizmente, devido ao preconceito, fizeram uma versão alternativa, mas nada tira o mérito dos GNR. Acredito que, para eles, o videoclip da Dunas é e sempre será este. O outro, bem, enfim, foi para "inglês ver". :)

      Os calções são muito giros, sim. :D

      Eliminar
    2. ok, encomendamos 3 pares de calções rapazes? :D

      Eliminar
  7. Melhor que os calções é o "slip de banho" que ele mostra xD
    Sem dúvida, muito mais atraente do que os atuais calções com boxers por baixo que hoje inundam as nossas praias...

    E houve ali uma altura que quase houve beijoca. Pena não ser verdade, mas atendendo a que estávamos nos anos 80, já não foi nada mau...

    Desconhecia por completo. Obrigado pelar partilha Mark :)
    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente os calções são lindos, sobretudo os do rapaz de caracóis. Adoro o corte da ganga. :)

      Vê-se toda uma cumplicidade subjacente, bonita, ingénua, descomplexada. Fiquei feliz por ter encontrado este videoclip.

      abraço grande, Horatius.

      Eliminar
  8. Descobriste é uma pérola. Tão 80's, tão gay e tão inocente, apesar de sempre ter achado o título duvidoso ;) :D mas com este vídeo, confirmei as minhas dúvidas. LOL XD
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que passei a gostar (ainda) mais da música. :D

      abraço.

      Eliminar
  9. Eu conhecia a canção e sempre ouvi dizer que era um tema relacionado com os gays, mas nunca soube o porquê, até hoje! xD

    Que videoclip bonito, tão avançado para a época! :3

    Gostei imenso da naturalidade e da cumplicidade dos dois rapazes. O Rui Reininho e os GNR estão de parabéns!

    E tu também, por desencantares uma pérola desconhecida de quase todos nós! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O videoclip é muito bonito mesmo. Inocente. Não entendo como há quem consiga ver algo sujo e impuro num sentimento tão belo. Enfim... :|

      :)

      Eliminar
  10. Está no top das minhas músicas preferidas e, como muitos, foi das primeiras que aprendi a tocar na guitarra :p
    Mas desconhecia o vídeo. Como disse o Paulo, deve ter sido uma versão censurada, mas é claramente gay, ou pelo menos de descoberta na idade dos porquês (longe de ser porno, como alguém disse).
    Abraço e obrigado pela partilha ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, exacto, a célebre referência à "idade dos porquês". Eu creio que a ingenuidade presente no vídeo está relacionada com isso. :)

      abraço.

      Eliminar
  11. Também estou surpreendido.
    Sou mais novo que aquela geração e desconhecia este vídeo.
    Homoerótico o bastante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito mesmo. :)

      Bem, já vi que, tal como a mim, este vídeo era desconhecido por todos. Ainda bem que o publiquei. :D

      Eliminar

Um pouco da vossa magia... :)