7 de julho de 2012

Leite com chocolate.


 Pedi o meu leite achocolatado com uma palhinha. Sinto-me sempre um ser extra-planetário quando o faço. A eterna sensação de que com a idade vai surgindo um pudor incomensurável e descontrolado. Reneguei a neblina e fiz o meu pedido.
 Suguei pequenos goles, controladamente, o que não faria tratando-se de um sumo gelado. Mais uma vantagem de se optar pelo leite. Recordei-me do pai e das minhas idas ao norte nesta altura do mês, já de cadernos fechados e com as canetas de cor praticamente gastas. Seria, provavelmente, o único motivo que me levaria a não sentir inveja dos peixes e dos crustáceos, trocando o mar pelo betão da cidade. Se fechasse os olhos e o fizesse no momento certo, conseguiria escutar o som das ondas, mesmo sem estabelecer qualquer contacto telefónico (o búzio também não está incluído - e é mito).
 A ausência da mãe e dos manos facilmente era compensada pelos longos passeios na Ribeira, quando a noite caía e a vontade de regressar se esvaía no curso do Douro.
 Dera pela apatia quando o leite, na pequena garrafa de vidro, estava prestes a terminar. Para não mais pensar, bebi o resto apressadamente. A alegria ficara no chocolate compactado no fundo do recipiente de vidro.

16 comentários:

  1. Leite com chocolate com palhinha?!

    Nem vou escrever o que pensei. hehehe

    ResponderEliminar
  2. João: Obrigado. :)

    Ribatejano: ?

    Margarida: Obrigado. :)


    <3

    ResponderEliminar
  3. Gosto imenso de leite com chocolate frio :)

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  4. Francisco: Também :) preferindo-o aos sumos.

    abraço :3

    ResponderEliminar
  5. Mark, pensei que já tens idade para beber pela garrafa, como um homem. hehehe

    (às vezes esqueço que sou do campo e tu da cidade)

    ResponderEliminar
  6. Ribatejano: Tomando em consideração o teu lado humorístico, relativizei o machismo latente no teu comentário. LOL Para mim, um "homem" não é aquele que bebe cervejas até cair, cospe no chão e fala asneiras. Visões diferentes. :)

    ResponderEliminar
  7. A nostalgia tem destas coisas: a beleza da escrita. Gostei muito. Mas... make it happen!

    Hugs :)

    ResponderEliminar
  8. Já não passava por cá há algum tempo e confesso que já tinha saudades do teu tão bem escrever.
    Obrigado!
    ;)

    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Daniel: Obrigado. :)

    Rabisco: Obrigado. :)



    abraços a ambos <3

    ResponderEliminar
  10. Deliciosos encantos e mistérios os do chocolate.
    Quando partilhamos um?

    abraço-te

    ResponderEliminar
  11. Paulo: Quando estiveres por Lisboa, possivelmente. :)

    abraço :3

    ResponderEliminar
  12. Quando vens até ao Porto? Podíamos tomar um leite juntos!

    [O Vappy ficou todo contente com a ideia!] ;)

    Hughie :3333

    ResponderEliminar
  13. Hórus: Não faço a menor ideia. O pai tem vindo a Lisboa, por isso não tem havido um motivo que me leve ao Porto. :(

    Awwwn, o Vappy. *.*


    hughie :333

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)