5 de março de 2012

Hiato.


 E que tal se pegasses na minha mão e saíssemos por aí? Prometo que não levo nada de especial comigo, nem demoro uma eternidade a arrumar as malas. Se me pedires, dispensarei até aqueles pequenos luxos que considero indispensáveis. O secador de cabelo, por exemplo?
 Nada teremos a planear. Nada haverá a pensar. Apenas te peço que me leves para longe. A alimentação não será um problema - eu como pouco. Mas, para não te preocupares demasiado, poderemos levar um pacote de bolachas de creme branco (sabes como gosto delas...) e uma simples mochila. Seria engraçado se substituíssemos o GPS por uma bússola, onde poderia, também, reviver o tempo das Grandes Descobertas da Idade Moderna.
 Como não teremos bilhete, não teremos data de regresso. Por mim, ficaremos o tempo que for necessário. Para não preocupar desnecessariamente a mãe, deixar-lhe-ei um papel escrito em cima da mesa da cozinha, ou, melhor, preso com um íman ao frigorífico. Sim, provavelmente ela acharia possidónio, apesar de adorar ver a sua reacção ao dar com o dito papel. Pelo menos evitaríamos as buscas policiais à nossa procura e as respectivas fotografias estampadas em jornais. Maus quinze minutos de fama...
 A minha vida...? Bom, faria um hiato interminável. Um dia terminaria, mas até lá conheceria novos lugares e, ao retomar, fá-lo-ia bem melhor. 
 Se demorássemos muito, sempre poderíamos levar dois pacotes de bolachas.


8 comentários:

  1. Parafraseando-te, um pouco(?) da tua magia, neste belo texto.

    ResponderEliminar
  2. Delicioso momento.
    Sonho - desejo que em mim ainda prevalece.

    Saudades das tuas "visitas", das tuas palavras.

    Abraço gigante.

    ResponderEliminar
  3. Que post... delicioso? aww oh Mark eu já disse que adoro ler-te? vai fazer 2 anos que eu leio-te x) awesome. Beijinho

    ResponderEliminar
  4. encantador :)
    não se porquê, fez-me lembrar Calvino.

    ResponderEliminar
  5. tens algo de encantador Mark. Que escreves bem, também já o sabes. Mas, neste texto, fui conquistado pelo detalhe dos "pacotes de bolachas". Muito criativo ;)

    ResponderEliminar
  6. Para poupares ainda mais um pouco, podes ficar sempre num hostel... ;) Ou no sofá de alguém!

    ResponderEliminar
  7. Sim, podemos ir, eu também adoro bolachas recheadas de creme branco! :)

    ResponderEliminar
  8. Agrada-me a ideia a mim também! :)

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)