2 de fevereiro de 2012

Por entre as gotas.


 O frio não gosta da chuva. Quando chove, o frio diminui, mas os senhores da meteorologia dizem que não vai ser assim.
 Senti-me em cada gota de chuva que caiu ao início da noite. Se vivesse na floresta, perdido no meio do mato, teria colocado a panela à chuva e cozinhado. Falaria com a Natureza, teria os animais selvagens como companhia e provavelmente morreria devido às variações térmicas, se não encontrasse uma qualquer gruta ou um buraco numa árvore oca que me servisse de abrigo. Na gruta, encontraria um jaguar e deitar-me-ia sobre o seu pêlo sarapintado e espesso. O jaguar jamais me faria mal - pelo contrário - proteger-me-ia dos restantes animais ferozes. Pela manhã, quando a terra estivesse húmida, caminharia descalço e pediria ao jaguar se poderia utilizá-lo para me elevar às altas árvores, de forma a colher fruta tenra e fresca para comer. Já de tarde, poderia andar sem rumo até chegar à civilização, como poderia ficar para sempre no estado selvagem. Chegaria realmente à civilização ou entraria na selva?
 Esperei que a chuva parasse para sair de casa da avó. Tão ténue que era e não teria dado por ela se a luz de um poste elétrico não a denunciasse. Ao cair, pareciam pequenas fitas luminosas que se esbatiam no ar antes de embaterem no solo. Múltiplas e esguias, as gotas delicadas de chuva assemelhavam-se a um manto de um qualquer sonho exequível.
 Tivesse coragem e sairia calmamente sem me importunar se ficaria adoentado ou não. Arriscaria e percorreria a rua artificialmente iluminada até chegar a um destino.
 Em casa, não tive o jaguar, altivo e imponente, à minha espera. No frigorífico, encontrei fruta fresca.


5 comentários:

  1. Adoro sua capacidade criativa com aquela verdade e chamada de atenção que vc sabe dar *-*
    'Frigorifico' rsrsrs fui no Google procurar o que significava isso :) gracinha o jeito de vcs falarem *-*

    ResponderEliminar
  2. mas também não encontraste animais selvagens que te pudessem magoar.

    Dorme bem Mark :)

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pelo commet, e desculpa a demora a responder :$ .

    Novo texto: http://joateba94.blogspot.com/2012/02/felicidade-encontrada.html

    ResponderEliminar
  4. Cuidado com a garganta, que estas "friagens" fazem muito mal, e a fruta fresca ainda pio;-)

    ResponderEliminar
  5. É a chamada 'chuva-molha-parvos'. Mas tu não te deixaste molhar! ;-)

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)