1 de junho de 2011

Exames


Começou a época de exames e começou o meu desassossego... É tão complicado gerir o tempo no meio de tantos exames e de tantas matérias que em nada estão relacionadas entre si...
Gosto de estudar sozinho, qual recluso de si próprio, no escritório cá de casa. Fecho-me por dentro, corro as cortinas espessas e deixo-me ficar no silêncio, interrompido por vezes pelo som do exterior. Não estou para ninguém. Sento-me no chão, como já referi, espalho tudo à minha volta e estudo. Telemóveis no silêncio ou desligados, pc desligado e é a solução ideal para eu estudar. Hoje alterei um pouco o esquema... Fui para o minúsculo - mas aprazível - shopping do Campo Pequeno com três amigas que estão noutros cursos. Claro que não estudei o que costumo estudar porque com elas torna-se impossível. E, sinceramente, apetece-me esquecer que tenho uma média e uma reputação a manter. Quero ser mais, digamos, normal. Toda a minha vida ouvi o discurso de que tenho de ser o melhor, de ter as melhores notas, de ser aquele que vai surpreender sempre... É muito mau quando deixamos de agir de forma natural. Eu diria mais: é monótono quando já não receamos uma má nota ou não ficamos alegres quando recebemos uma boa. Isso é tão normal, não é?
Mandei uma sms a convidar o R. Estava em casa e tornava-se tarde para vir a Lisboa. Senti a sua falta. Que raiva monumental!, será possível que já não me sinta bem sem ser na sua companhia? Estive todo tempo a leste do que elas falavam ou faziam. Seria tão melhor se ele estivesse ali comigo...
Acabámos todos a comer um enorme gelado com quatro colheres. Foi tão divertido, embora quisesse comer um apenas com duas...
Temos imensos exames nos próximos dias. Estas duas semanas que se aproximam são de tremer. Não tenho medo algum, mas sou preguiçoso como já referi várias vezes. Não gosto de ser posto à prova, não gosto de me sentir testado...
Sabes ou não sabes?
Que sensação terrível. As pessoas são bem mais do que uma qualquer prova escrita / oral.
Veremos o que sai no final desta época especial e difícil.
Espero que bons resultados. :)

8 comentários:

  1. Tudo a correr bem!
    Eu percebo o que dizes em relação às expectativas, mas acredito que, no teu íntimo, também entendes que não vale a pena ter maus resultados. Não faz sentido, não é?!

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  2. Blog Liker: Não, não faz. (: Coloco os estudos à frente de tudo. Umas vezes é bom, outras é mau...

    Abraço. ^^

    ResponderEliminar
  3. Um amigo virtual01/06/2011, 23:07:00

    Com certeza que conseguirás excelentes resultados. Dou isso como um dado adquirido. O esforço e a dedicação que acredito que tenhas farão o resto.

    Abraço do Amigo Virtual.

    ResponderEliminar
  4. Pinguim: Aquilo foi uma deixa. ;)

    Um amigo virtual: Obrigado pelas tuas palavras. És bastante simpático, mesmo não sabendo se tens algum blogue e me escreves com recurso a essa designação ("Um amigo virtual") ou se, de facto, és mesmo e somente "Um amigo virtual". :) Em todo o caso, abraço. ^^

    ResponderEliminar
  5. Eu era incapaz de estudar em sítios públicos. Tudo serve para me distrair, começo a observar as pessoas, a fazer análises de personalidade apenas pela observação... enfim, tudo me servia para não estudar. Habitualmente ficava em casa, sentado à secretária ou na mesa da sala, com os livros todos espalhados pela mesa. E nessas alturas também pensava 'tantas coisas melhores que podia estar a fazer...'.

    Ao menos a escolha foi boa, gosto muito do Campo Pequeno, por vezes vamos lá às compras ;-)

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)