9 de fevereiro de 2011

Receio (In)fundado


Como referi recentemente num post, eu tenho imenso medo de tirar sangue... Amanhã, vou fazer análises ao sangue, o que exige que retirem das minhas frágeis veias uma boa quantidade daquele líquido vermelho que só de olhar para ele provoca-me arrepios na pele. Bem sei que uma criança de uns meros quatro anos é mais corajosa do que eu, aliás, não é a primeira - e não será certamente a última vez - que vejo uma criança perfeitamente calma e descontraída a tirar sangue, enquanto eu sofro, faço caretas, birras e tudo o mais. Vou com uma prima, o que não ajuda propriamente... Tirar sangue não é um programa interessante, logo, não tive cara para convidar fosse quem fosse.
"Olha, vou fazer análises amanhã, queres vir?"
Pelo amor de Deus!
Só espero que seja um/a enfermeiro/a experiente e que o faça de forma rápida e totalmente indolor. É que a minha pele é sensível e eu não pretendo ficar com uma negra no braço durante dias.
Às vezes tenho a sensação de que preciso crescer um pouco. Estou muito verde. Não é normal que um rapaz da minha idade fique com medo de tirar sangue. É que é sempre o mesmo problema! E depois começo a suar e a testa fica molhada, o que eu odeio porque faz com que as pontas do cabelo enrolem. Fico possesso quando, logo pela manhã, vejo o cabelo todo...  estranho.
No outro dia, disseram-me um truque fantástico: pensar em algo de bom. Ora, quando sinto a agulha a penetrar os tecidos do meu corpo, só consigo pensar que todo aquele sangue está a ser sugado para dentro da seringa. Tenho de agarrar na mão de alguém, ou melhor, têm de agarrar na minha, o que é constrangedor porque faz com que as pessoas fiquem a pensar mil e uma coisas, normalmente as piores...
Depois de fazer as análises, vou comprar os cadernos novos para o segundo semestre. Não sei se opto por cadernos ou por um dossier. Estou inclinado para o dossier. Dá outro charme e é bem mais prático. Porém, detesto cores discretas e os dossiers minimamente aceitáveis para um rapaz universitário são de cor azul ou verde horroroso. Além destes, há de rapariga e de criança. Podiam fazer qualquer coisa intermédia entre o masculino e o feminino... Fica a sugestão.
Para terminar o rol, estive a rever o Titanic que passou num canal do cabo. Apesar do filme deixar-me um pouco apático, das duas ou três vezes que já o vi, hoje fiquei mais, hum, sensível. 
Vejamos: a Rose era uma menina bem e o Jack era um rapaz humilde.
Não sei, sinto o filme como algo... próximo.
Não sei de onde tirei estas ideias.

10 comentários:

  1. O melhor do post é a conclusão que "sacaste" ao reveres o "Titanic"...
    Muito significativo!

    ResponderEliminar
  2. ... o filme tem um final triste. além disso, ainda não te despiste para ser pintado. ou já?

    ResponderEliminar
  3. Pinguim: Também achei... Céus, o que se passa comigo?...

    Speedy: Não. (:

    ResponderEliminar
  4. Eu gosto de tirar sangue mas acho que é pela curiosidade de ver os resultados das análises. Uma vez lembrei-me que queria medir os níveis de vitamina D e quase que me drenavam todo lol.

    ResponderEliminar
  5. Não deve ser assim tão raro o teu receio de tirar sangue, a reacção que tens é que dever ser menos comum. Não tenhas problemas com o teu medo é perfeitamente compreensivel.

    ResponderEliminar
  6. Luso: Creio que nunca medi os níveis de vitamina D, salvo erro. Não deve ser agradável, pelo que contas. (:

    Francisco: Que bom que alguém me compreende. (:

    ResponderEliminar
  7. o teu medo é normal porque nem todos somos iguais. eu não tenho medo de tirar sangue mas também me faz confusão sentir a agulha a picar a pele. é porque és mais sensível, só isso xD
    abraço

    ResponderEliminar
  8. Tomás: Pois, pois, mas os enfermeiros não costumam pensar assim. (: O de hoje até foi simpático, mas nunca me esquecerei de uma parvalhona que me disse: "Um rapaz tão crescido a fazer uma fita destas! Que vergonha!"
    Só não lhe dei uma resposta à altura porque estava em período de perturbação. Não levo desaforo para casa. (:

    lots of love ^^

    ResponderEliminar
  9. Ter medo de tirar sangue, é normal. Independentemente da idade. O meu pai é quarentão e tem o mesmo receio que tu xD

    Amo o titanic <3

    ResponderEliminar
  10. Eu nunca desmaiei a tirar sangue, mas as picadinhas no dedo dão-me ataques de pânico!

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)