20 de janeiro de 2011

Tens Namorada?


Hoje, depois de ter feito o meu último exame do semestre, recebi um telefonema da mãe a convidar-me para almoçar. Há imenso tempo que não almoçava com a mãe a um dia da semana. Foi buscar-me à faculdade e fomos a um restaurante muito conhecido, aliás, é uma das cervejarias mais conhecidas de Lisboa.
Quando chegámos, já quatro amigas da mãe aguardavam numa mesa. Só conhecia uma delas. Constatei que não eram as amigas habituais da mãe e, questionada sobre a origem destas senhoras, disse-me que eram da empresa. Menos mal.
O almoço foi agradável e a conversa também. São as típicas quarentonas que traem os maridos na primeira oportunidade. Mas eu gosto daquela geração. São informadas, simpáticas e giras. Estas mulheres são extremamente sensuais. E depressa me incluíram naquelas conversas delas que, como devem calcular, foram de tudo menos de trabalho. Até do Burlesque falaram!...
Um rapaz novinho no meio daquelas mulheres ávidas é um pitéu. Desataram-me a fazer perguntas de todo o género e feitio: estudos, gostos musicais e. . . namoros, melhor dizendo, namoradas. Todas me perguntaram se tinha namorada e, ouvindo a resposta "não", ficaram admiradas, do género: "Como é possível?" E depois foi todo aquele rol de afirmações parvas: "Um rapaz tão querido"; "... um cabelo tão fofo"; "...um olhar tão expressivo", etc, etc, etc. Bah! Lá surgiu o tradicional "Porquê?".
Porque, e sem me alongar na minha vida pessoal, não quero. Foi a resposta que lhes dei. Detesto, mais, abomino quando me perguntam se "tenho namorada". Não gosto e implico verdadeiramente com isso! Era suposto ter? Talvez seja. É suposto porque vivemos numa sociedade machista em que um rapaz tem obrigatoriamente de ter namorada. Mais importante do que as notas, mais importante do que a saúde, é um rapaz ter ou não ter namorada! Não, não tenho. Se quisesse, tinha; como não quero, não tenho.
Eu respeito imenso a mãe, mas pensam que fiquei envergonhado ou acanhado? Eu? Ahahahahahahah. :D
-"Mas não seja por isso. A senhora quer se candidatar?" - perguntei à pior de todas.
Risota total.
-"Não, devido à idade. Se fosse mais nova bem que queria..." - respondeu.
-"Pois, mas consigo não queria eu. Nem assim, nem em nova!"
Silêncio total.
A mãe ficou constrangida e a primeira a quebrar o gelo foi aquela sua amiga que já conhecia.
Ainda pensei em dizer-lhe para me apresentar um filho da minha idade (se tivesse) ou o maridão que tem lá em casa (um sugar daddy charmoso tem que se lhe diga...).
Fica para a próxima.

9 comentários:

  1. Fizeste muito bem: é preciso "espicaçar" esta gente...

    ResponderEliminar
  2. Tomara que no proximo almoço elas levem seus filhos né, ja pensou se tiver algum na sua faixa etária...rs
    Abraços

    ResponderEliminar
  3. Tu precisas seriamente de um moço giro e charmoso que te bata couro como se não houvesse amanhã... pode ser que um dia uma dessas senhoras te apresente um filho especial, EU LOL XD
    abr

    ResponderEliminar
  4. Bem, a essa amiga da tua mãe aplica-se perfeitamente a expressão "Toma lá que já almoçaste!". Parece uma obsessão isso do "Tens namorada?", podes ser um zé-ninguém, não ter onde cair morto, mas parece que é fundamental ter uma gaja. Eu já respondo "Tenho várias". Devia era responder "tenho sim, e tem uma pila!" lol.

    ResponderEliminar
  5. Ah ah boa resposta essa que deste.
    Adorei este post em particular,está muito bom.
    Também me irrita as pessoas perguntarem constantemente se tenho namorado,e se respondo que não lá vem o porque.
    Também respondo:porque não quero.
    Quando na verdade só apetece dizer: "não tem nada a ver com isso!"
    XD

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)