12 de abril de 2010

Quero...

Quero correr mais do que o mundo, atear fogueiras de amor em todos os corações. Quero viajar pelos destinos das emoções, sempre tendo o incerto como certo. Quero colher flores de todas as cores e com elas fazer jardins de belezas naturais. Quero ver a luz branca do luar através do vidro dessa janela mágica de vitrais exóticos. Quero perseguir o vento enquanto este me toma na imensidão do seu abraço. Quero andar à garupa de um cavalo marinho e com ele conhecer os mares no embalo das correntes que nos levam até ao desconhecido. Quero que me tomes nesse tapete mágico e que me mostres tudo aquilo que ainda só vi nos meus sonhos mais profundos. Quero voar pelas nuvens de algodão branco que encontro ao olhar para o céu azul. Quero sentir o sabor da maresia nos meus cabelos enquanto coloco pequenas conchas marinhas no meu cesto de palha. Quero sentir o sol na pele e o seu calor em mim. Quero o medo da noite escura e a paz do reencontro com o infinito. Quero descer a escadaria da imensidão, ultrapassando os degraus de pedra fria. Quero caminhar descalço pelas ruas de prazer que invadem os segredos da tua mente. Quero aquela música que é só minha, mas também quero partilhá-la com as multidões de soldadinhos de papel. Quero colher frutos de paz da Árvore da Vida e com eles simbolizar a reconciliação com os Céus. Quero conhecer o castelo de bandeiras brancas que construíste no cimo da montanha que é tua. Quero sentar-me no banco do jardim que plantaste para mim. Quero abraçar as penas macias do cisne branco que existe no lago da minha imaginação. Quero entrar na sala luminosa com cristais cintilantes ao toque da luz pálida de início de manhã. Quero viajar até atingir o brilho da estrela que me acompanha com o seu afago próximo e longínquo. Quero o poder da realidade e de materializar o que não é palpável.
Quero tudo isto, quero os sonhos que partilho em ti e ainda me quero a mim.

2 comentários:

  1. Se existisse um Mundo assim, tudo seria bem melhor! Ainda bem que ainda podemos sonhar e ter poder (in)consciente sobre eles.
    Quem não quereria ter um paraíso destes? Que bom que partilhas os teus sonhos com os outros,é que atravês de ti também sonhamos.

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)