6 de março de 2010

Triste Planeta Azul

A Terra começa a dar sinais de fraqueza... Está farta de nós. Farta de ser maltratada ao longo dos séculos por guerras infundadas (que a marcaram decisivamente) e, principalmente, desde o advento da Revolução Industrial.
Não somos bons terráqueos. Não somos bons amigos. Não somos bons em nada.
Até somos bons, a destruir, a semear o ódio, a desflorestar, a poluir, a matar...
Vivemos num planeta com um sentimento de posse jamais observado. Quem somos nós, afinal? Existimos há cerca de 40.000 anos. Será que esse período de tempo dá-nos o direito de utilizar todos os recursos do planeta como se ele fosse exclusivamente nosso? É evidente que não. Os dinossauros habitaram a Terra durante muito mais tempo, logo, nesse sentido, teriam muitos mais direitos do que nós sobre ela.
Nenhuma outra espécie marcou de tal forma a Terra como nós. E continuamos com a ideia da eternidade e da infalibilidade. Jamais acabaremos. Quanta pretensão! Se um meteorito colidisse com a Terra como outrora, os benefícios para a mesma seriam mais do que muitos. Extirpar da face da Terra tamanha raça (humana) seria o maior dos desejos do planeta. Está realmente farta de nós. Se pudesse falar, tenho a certeza que concordaria comigo.
Mas pode usar outras armas, de modo a expulsar e destruir o filho ingrato. Com sismos violentíssimos, com cada vez mais frequência; com tufões, ciclones e furacões devastadores; com cheias que tudo arrasam à sua passagem; com maremotos gigantescos que inundam cidades e matam inocentes e culpados...
Chegámos ao ponto de não-retorno. Nada do que possamos fazer evitará o que se segue.
Os nossos séculos estão contados. Será péssimo para a raça humana, mas o ciclo terrestre é mesmo assim.
Seguir-se-ão outras espécies, outras formas de vida.
A Terra, sem os humanos, voltará a ser o lindo planeta Azul.

3 comentários:

  1. O pior é o homem não ter consciência de que está a hipotecar o futuro dos seus filhos e netos; maldito egoísmo!

    ResponderEliminar
  2. Andaram a usufruir e a destruir a Terra e agora que se aperceberam que ela está a morrer e estão a tentar "curá-la", já é tarde demais.

    Palmas para os egoistas.

    ResponderEliminar
  3. Os sinais parecem ser inequívocos. Mas será que o Homem os entende?

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)