3 de fevereiro de 2010

Rosa Lobato de Faria

Não sei bem por que motivo, mas fiquei muito triste com a morte desta senhora. Lembro-me de a ver na televisão. Era tão culta e educada. Podia ser minha avó. Partiu com 77 anos. Fico com a sensação de vazio. Até sempre, Rosinha.

4 comentários:

  1. Também fiquei espantada quando me contaram, ela já estava internada com uma anemia...gostava dela, tinha uma cara querida e uam voz ternurenta :D

    Mas como li num jornal: as rosas nunca morrem!

    ResponderEliminar
  2. Eu também fiquei perplexo, Diabita. Era tão querida. Parece que perdi alguém muito próximo. Fiquei mesmo abalado, aliás, ainda estou um pouco. :(

    ResponderEliminar
  3. Era uma senhora e pêras. Portugal fica bem mais pobre com a sua morte
    que descanse em paz..

    ResponderEliminar
  4. Era avó de uma grande amiga minha.

    ResponderEliminar

Um pouco da vossa magia... :)