7 de dezembro de 2009

Nostalgia

Hoje acordei com uma sensação de nostalgia muito forte; bom, a verdade é que o facto de ter andado a remexer em cassetes de música e discos antigos dos meus pais muito ajudou a isso. Vi e ouvi músicas que fizeram parte de mim e da minha infância. Num domingo chuvoso, é óptimo ficar em casa de pijama, a tomar um chá e a recordar os anos que já lá vão atrás, muito embora os meus ainda sejam poucos. Então, ouvi uma série de músicas, entre as quais Todas as Manhãs do Roberto Carlos. Esta música marcou-me mesmo quando era criança. Fazia-me pensar naquelas histórias lindas de amor, e a verdade é que a voz do Roberto Carlos é propícia a que fiquemos assim meio bobos a disfrutar da música. Ouvi-a mais de seis vezes seguidas. Depois, "redescobri" os albúns que o meu pai deixou em casa quando se foi embora, mesmo depois do divórcio. Entre eles contavam-se discos e cd's dos Queen, Pink Floyd, Scorpions, tudo muito 80's. Logo eu que adoro este tipo de som. Fiquei horas totalmente absorvido por estas músicas. E há lá com cada balada que amolece qualquer coração mais empedernido. Fui até ao sotão buscar um antigo gira-discos do meu pai para poder ouvir os discos de vinil da Fafá de Belém, António Variações entre outros. Só posso dizer que foi dos melhores domingos que já tive. A minha mãe saiu com umas amigas, e eu escolhi ficar sozinho. Bom, na verdade não escolhi, mas a pessoa que queria que tivesse vindo, infelizmente não pode. Motivo: foi visitar a avó no hospital. Ok, é um bom motivo. Eu até já sabia que a senhora estava doente. É bonito, tudo bem. Trocámos mensagens e até me telefonou. Disse-me que mais domingos virão e que num destes próximos fazemos uma festa do pijama, com muita música antiga, filmes e pipocas.
Quem, mesmo não querendo (?), consegue resistir?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Um pouco da vossa magia... :)