20 de julho de 2009

Homossexuais em Portugal não podem dar sangue

Parece uma notícia vinda de um qualquer país do Médio Oriente ou do Sudeste Asiático, mas garanto-vos de que é mesmo em Portugal. Surpreendidos? Eu também fiquei, quando ouvi tal notícia na Sic Notícias há uns dias atrás. Segundo o srº Gabriel Olim, director do Instituto Português de Sangue, um homem que tenha relações sexuais com outro está mais susceptível de contrair DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis). De realçar que as homossexuais femininas estão fora da lista negra, apesar de há relativamente pouco tempo uma mulher ter sido impedida de dar sangue por ser assumidamente lésbica.
Pois bem, perante os factos apresentados, parece-me oportuno dar alguns esclarecimentos relativamente a este caso. Hoje em dia já não existem grupos de risco, mas sim comportamentos de risco, o que engloba qualquer orientação sexual seja ela qual for. Há homossexuais promíscuos assim como há heterossexuais, parece evidente. Aliás, nos últimos anos a SIDA tem aumentado consideravelmente nos heterossexuais, já tendo ultrapassado a taxa de infecções em homossexuais. De relembrar ao srº Gabriel Olim e ao Ministério da Saúde (que corroborou a opinião deste senhor), que a SIDA não é mais a "doença dos paneleiros" como era conhecida na década de 80. Não era assim que muitos a designavam? O castigo de Deus! Não é, infelizmente para alguns. Atinge todas as faixas etárias, raças, estratos sociais, credos...
Para além disso, todas estas tomadas de posição levam-me a fazer uma perguntinha muito simples; o sangue é examinado, não é? Nunca me ocorreu outra coisa...
Por último, como referi anteriormente, as homossexuais femininas estão excluídas desta directriz. Não é de estranhar, afinal na nossa sociedade latina e máscula, um casal lésbico é muitíssimo bem visto. Recordo-me até que assistir ao acto sexual entre duas mulheres é uma fantasia de muitos homens machos e latinos que, por vezes, muitos deles também têm os seus namorados secretos...
Daí advém todo o preconceito contra os homossexuais masculinos...
Acho mesmo que, na medida em que não têm todos os direitos como deveriam ter, os homossexuais masculinos deveriam, sei lá, pagar menos impostos, o que é devido a seres humanos de 2ª...
Não podem casar, adoptar, dar sangue... deixá-los-ão viver em paz também?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Um pouco da vossa magia... :)